Gestão

Esforço exemplar para recuperar a máquina pública

 

Ana Paula Vescovi é considera uma das negociadoras mais implacáveis do governo, sem nunca levantar a voz

 

Responsável por uma transformação dramática na situação da Caixa Econômica Federal, que recuperou o equilíbrio de sua estrutura de capital sem que o Tesouro Nacional tivesse que gastar sequer 1 real, a economista Ana Paula Vescovi é considera uma das negociadoras mais implacáveis do governo, sem nunca levantar a voz.

Mestre em Economia do Setor Público pela Universidade de Brasília e mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas, a capixaba Ana Paula Vescovi já foi secretária da Fazenda do Espírito Santo – onde promoveu um duro ajuste fiscal que livrou o Estado das agruras hoje enfrentadas pelo Rio de Janeiro, por exemplo – e secretária do Tesouro Nacional, onde foi a primeira mulher a ocupar o cargo.

Ela é a personagem principal de reportagem publicada pelo site Brazil Journal sobre as dificuldades enfrentadas por técnicos do governo para corrigir os graves problemas que afetaram nos últimos anos órgãos públicos como a Caixa.

De acordo com a publicação, “o trabalho de técnicos como Vescovi está na base das coisas que funcionam na máquina frequentemente escangalhada do Estado brasileiro. São histórias de dedicação diária, sacrifício familiar e abnegação silenciosa, com o ônus cada vez mais pesado de um cargo público numa época de escrutínio sem precedentes”.

Veja aqui a íntegra da reportagem, intitulada “A Dama de Ferro da Fazenda”