MOBILIZAÇÃO

Mulheres do Reino Unido marcham para lembrar a conquista do voto feminino

A lei conhecida como “The People Act” foi aprovada pelo parlamento britânico em 1918

 

 

Milhares de pessoas marcharam neste domingo (10) nas principais cidades do Reino Unido e criaram um grande mosaico com as cores do movimento sufragista para comemorar o centenário da conquista do direito ao voto feminino e reivindicar a igualdade efetiva entre homens e mulheres.

Londres, Edimburgo, Cardiff e Belfast, as capitais das quatro nações britânicas, sediaram marchas simultâneas nas quais os participantes, em sua grande maioria mulheres, levaram lenços nas cores verde, branca e violeta e marcharam em três colunas para simular um grande mosaico tricolor.

Segundo explicou à Agência Efe Amy McNeese-Mechan, coordenadora de Cultura da prefeitura de Edimburgo, a ideia era que, do ar, fosse possível apreciar uma obra com as três cores que em inglês (green, white, violet) são o acrônimo do slogan “Give Women Vote” (“Dê o Voto às Mulheres”, em tradução livre), símbolo do movimento sufragista.

“O objetivo é relembrar a luta que as sufragistas empreenderam para conseguir algo que agora parece normal, mas que foi uma ideia revolucionária em sua época”, destacou McNeese-Mechan.

As principais ruas das capitais britânicas se encheram de mulheres de todas as idades que levavam uma grande variedade de cartazes, com mensagens como: “Mesmo Assim, Ela Persistiu”, “Mulheres Empoderadas”, “Mulheres Unidas Mudarão o Mundo” e “Poder Feminino”.

A lei conhecida como “The People Act” foi aprovada pelo parlamento britânico em 1918 e concedeu o direito de votar às mulheres maiores de 30 anos que tinham propriedades, que também foram autorizadas a concorrer como candidatas nas eleições gerais.

No entanto, foi apenas dez anos depois que o sufrágio universal passou a ser permitido a todas as pessoas maiores de 21 anos no Reino Unido.