Espírito Santo do Pinhal (SP)

Prefeito Sergio Del Bianchi vai criar o Conselho da Mulher

 

O prefeito Sergio Del Bianchi Jr quer possibilitar maior participação do público feminino nas discussões e elaboração de políticas públicas.

 

O prefeito de Espírito Santo do Pinhal, Sergio Del Bianchi Junior (PSD), anunciou que enviará à Câmara Municipal projeto de lei que cria o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres. Espírito Santo do Pinhal tem hoje 41,8 mil habitantes, de acordo com o último Censo IBGE, dos quais 51% são mulheres. Desta forma, segundo o prefeito, o objetivo de criar o Conselho é possibilitar maior participação do público feminino nas discussões e elaboração de políticas públicas.

“Prezamos por uma gestão moderna e democrática. Assim, criando o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres estamos ampliando os canais de participação, em especial para debater assuntos ligados diretamente às pinhalenses, que são maioria na nossa comunidade. Teremos muito trabalho pela frente, mas com a participação de todas as mulheres avançaremos cada vez mais, garantindo os direitos e buscando novas conquistas”, comentou o prefeito.

A proposta prevê que o conselho terá igual número de membros da sociedade civil e do poder público. Será composto por dez pessoas, sendo obrigatoriamente presidido por uma mulher, eleita entre os integrantes.

A diretora dos Departamentos Jurídico e de Cultura da Prefeitura, Ana Tereza C. Leite, lembra que no Brasil são assassinadas 10 mulheres por dia, vítimas de feminicídio, enquanto 144 são espancadas por seus companheiros, o que significa uma agressão a cada 10 minutos. “Cerca de 52% das mulheres vítimas de violência não denunciam seu agressor e não buscam apoio, 42% da violência contra a mulher se dá no ambiente doméstico. As mulheres negras são mais vitimadas pela violência, assim como as mais jovens. Não há direitos sem luta, não há justiça sem respeito às leis. Nesse sentido, a criação de órgãos que lutem pela causa feminina, como a proposta do prefeito em criar o Conselho da Mulher, é de suma importância”, destaca.

Marilda Miglinski, diretora do Departamento de Educação, também se manifestou favorável ao projeto elaborado pelo prefeito de Espírito Santo do Pinhal. “É uma data histórica, um momento único para a nossa cidade. Mais uma ação afirmativa do governo que vem, dia a dia, cumprindo com os compromissos firmados com a população. Como educadora e cidadã vou abraçar mais essa causa de empoderamento da mulher. Devemos ocupar todos os espaços e fazer valer a nossa voz”, disse.