Eleições

PSD Mulher vai ajudar o partido a crescer em Toledo

 

O vereador Vagner Delabio e Marli Vogt, que vai estruturar o PSD Mulher.

 

Atendendo a uma recomendação do governador Ratinho Junior, a principal liderança do partido no Paraná, o PSD de Toledo – cidade de 134 mil habitantes na região oeste do Estado – já iniciou os esforços para chegar em 2020 em condições de apresentar uma candidatura forte ao cargo de prefeito do município. Um dos reforços é Marli Vogt, recém-chegada ao partido que recebeu a missão de estruturar o PSD Mulher para incentivar a participação das mulheres toledenses no processo político, “não apenas para completar cotas, mas para concorrer com chances de eleição”.

De acordo com o presidente do partido em Toledo, vereador Vagner Delabio, a eleição de Ratinho Junior, nas eleições de 2018, tem atraído muitos novos filiados para o partido. Ele explica que a sigla vem sendo procurada inclusive por filiados de outras legendas, interessados em fazer parte do partido do governador. Segundo ele, o processo de admissão de novos integrantes vem sendo administrado com muito cuidado, para não desestimular pessoas dispostas a participar da próxima eleição ou desvalorizar quem já está no partido.

Com aproximadamente 100 filiados na cidade, o PSD de Toledo tem a expectativa de crescer bastante nos próximos meses. Marli Vogt, por exemplo, que deixou o PRB para se filiar ao PSD, conta que, além dela, outras 11 pessoas já pediram a desfiliação e um número ainda maior deve fazer o mesmo nos próximos dias.

O fim das coligações na disputa ao cargo de vereador é uma das razões citadas para explicar a procura por partidos melhor estruturados. Para Vagner Delabio, esse fato vai ajudar o PSD de Toledo na missão dada pelo governador de fazer com que o partido dispute onde for possível o cargo de prefeito. “Vamos disputar a prefeitura e eleger o maior número possível de vereadores”, disse.