Arolde critica controle da liberdade de expressão na América Latina

Deputado subiu à tribuna para alertar sobre possíveis influências dos governos latino-americanos em relação ao controle das mídias eletrônicas; segundo ele, Venezuela, assim como Bolívia, Equador e Argentina, controlam também as notícias dos jornais impressos.

25/02/2014

FacebookWhatsAppTwitter

Na última quarta-feira (19), o deputado Arolde de Oliveira (RJ) subiu à tribuna para alertar sobre possíveis influências dos governos latino-americanos em relação ao controle das mídias eletrônicas. Segundo Arolde, a Venezuela, assim como Bolívia, Equador e Argentina, controlam também as notícias dos jornais impressos. “Vários jornais já pararam de circular na Venezuela e outros tantos estão indo no mesmo caminho. Recentemente, com as manifestações nas ruas contra a ditadura de Nicolás Maduro [presidente da Venezuela], começaram a fazer o controle sobre as redes sociais da internet. Isso é uma montagem para o controle da liberdade de expressão, na América Latina, para facilitar a implantação desse regime bolivariano”, repudiou Arolde.

Arolde comparou esse domínio sobre as notícias com o projeto de Ernesto Che Guevara [líder da revolução cubana] em ocupar a América Latina.“Esta tentativa é uma reprodução do que foi tentado em 1967, com Che Guevara, pelas armas, e que fracassou, porque Guevara foi exterminado na Bolívia. Temos que nos atentar, pois esse processo de desconstrução dos valores da democracia, da família, da igreja, enfim, já está muito avançado.”

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter