HOMENAGEM

Deputados do PSD celebram os 30 anos da Constituição

Representantes do partido participaram da Sessão Solene realizada no Congresso Nacional para celebrar os 30 anos da Constituição. As principais lideranças do País estavam presentes

06/11/2018

FacebookWhatsAppTwitter

O deputado Hugo Leal: “Não devemos apenas homenagear a Constituição, mas sim defendê-la perante o povo brasileiro.”

 

Parlamentares do PSD participaram nesta terça-feira (15) da Sessão Solene realizada no Congresso Nacional para celebrar os 30 anos da Constituição brasileira. O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) participou da solenidade ao lado do presidente Michel Temer (PMDB) e de parlamentares que participaram da constituinte. A Mesa também foi composta pelo presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e a procuradora-geral Raquel Dodge.

O deputado federal Hugo Leal (PSD-RJ) falou na tribuna em nome do partido. “Não devemos apenas homenagear a Constituição, mas sim defendê-la perante o povo brasileiro.” Júlio César (PSD-PI) seguiu o mesmo tom. “A Constituição valorizou o povo brasileiro em todas as classes. É ela que gera inclusão social e dá garantias a direitos essenciais do cidadão.”

Arolde de Oliveira (PSD-RJ), deputado pessedista que se elegeu senador na eleição de outubro passado, afirmou que seguir a Constituição Federal é promover a ordem legal. “Nada se faz no Brasil passando por cima da Constituição. Não se admite atalhos”.

Raquel Muniz (PSD-MG) entregou cópias de edição comemorativa da Constituição Federal aos que compuseram a mesa. “Temos o compromisso de honrar e seguir de maneira irrestrita tudo o que foi determinado na Constituição. É nosso elo democrático com os brasileiros e que serve a uma nação”, disse.

Em seu retorno à Câmara depois de ter sido eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro discursou brevemente. “Acredito no povo brasileiro, no nosso potencial e nas nossas leis. Juntos, Executivo, Legislativo e Judiciário têm o compromisso e a responsabilidade de conduzirem nossa nação. Só há um norte para a democracia: a nossa Constituição”, finalizou, com um exemplo da Carta Magna em mãos.

Rodrigo Maia disse que a homenagem “traz o passado e a memória em princípios atuais que nos iguala e que servem de baliza para nossas condutas”. Raquel Dodge, a primeira a falar, disse que o Congresso age de forma democrática ao abrir espaço para manifestação do Ministério Público. “Não basta reverenciar, é preciso cumprir o que está na Constituição”, alertou.

Participação social

A Constituição Federal foi promulgada em 5 de outubro de 1988 e tornou-se símbolo do processo de redemocratização do país. Ao todo, 559 parlamentares constituintes – 72 senadores e 487 deputados federais – contribuíram para que o texto, com forte participação social, fosse compilado.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter