ELEIÇÕES 2018

Empresário de Barra Mansa (RJ) filia-se ao PSD

A convite de Indio da Costa, presidente estadual do partido, Bruno Marini decidiu tornar-se pré-candidato a deputado estadual do Rio de Janeiro nas eleições de outubro próximo

12/04/2018

FacebookWhatsAppTwitter

Bruno Marini e Indio da Costa: para o empresário, é necessário criar perspectivas novas e deixar a fala antiga de lado

 

A convite do presidente estadual do PSD, deputado federal Indio da Costa, o administrador e empresário Bruno Marini decidiu tornar-se pré-candidato do partido a deputado estadual do Rio de Janeiro nas eleições de outubro próximo. Marini, que em 2016 foi candidato a prefeito de Barra Mansa (município de 180 mil habitantes na região sul fluminense), tem longa experiência na iniciativa privada e decidiu lançar-se na atividade política para contribuir com seu Estado e com o País.

Bruno Marini afirmou que a escolha de se filiar ao PSD foi bastante criteriosa. Lembrou que recebeu muitos outros convites. “Optei por um partido que não estivesse envolvido em ações desastrosas e desonestas e que levaram o Estado do Rio para o fundo do poço. Além do mais, o partido tem como pré-candidato ao governo do estado do Rio o Índio da Costa, que foi o relator da ficha limpa”, disse, completando que deseja entrar para a política para fazer parte de grupos que estejam envolvidos com a verdade e longe da corrupção.

Indio da Costa comemorou a filiação de Bruno Marini. “O Bruno é administrador, tem excelentes ideias e o principal, tem vontade de fazer a diferença. Nós precisamos de pessoas comprometidas e com vontade de mudar a história do nosso Estado, das pessoas, das famílias e ele fala dos seus projetos com muita garra e dedicação”, afirmou. Ele ainda disse que vai apoiar Bruno no que for preciso.

Para o pré-candidato ao Governo do Estado, com a escolha de Bruno Barra Mansa só tem a ganhar. “A região precisa de um deputado, alguém que realmente conheça as necessidades locais, que esteja próximo da população, dos políticos, empresários, entidades de classe e que busque recursos para ajudar uma região tão importante para o estado do Rio”, completou Indio da Costa.

Para Bruno, é necessário criar perspectivas novas e deixar a fala antiga de lado, de que não tem espaço para Barra Mansa ou região trazer empresas. “Isso não é verdade. Indo para o Rio de Janeiro, na divisa com Piraí, uma fábrica de fraldas está se instalando no alto do morro. A Ambev em Piraí é cravada no alto do morro. Temos condições de trazer o desenvolvimento para a região. E a nossa solução é isso, trazer empresas”, afirmou.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter