TRAGÉDIA

Líderes do PSD se manifestam sobre mortes em Suzano (SP)

Além do presidente nacional Gilberto Kassab, parlamentares do PSD em todo o País lamentaram a violência e se solidarizaram com as famílias das vítimas

13/03/2019

FacebookWhatsAppTwitter

 

Tragédia tirou a vida de dez pessoas, incluindo crianças.

 

Os tiros que provocaram a morte de 10 pessoas, incluindo crianças, em uma escola de Suzano, na Grande São Paulo, chocaram e entristeceram todo o País. Lideranças e parlamentares do PSD se manifestaram nas redes sociais, lamentando o ocorrido e se solidarizando com as famílias. O presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, por exemplo, se posicionou logo pela manhã: “Causa revolta e tristeza a violência, especialmente quando atinge crianças. Que Deus possa acalmar o coração dos amigos e familiares das vítimas. E que nossa sociedade e o Estado consigam atuar juntos para prevenir tragédias como essa”.

Da mesma forma, deputados do PSD lamentaram a tragédia e falaram sobre os casos de violência que assolam a sociedade. O deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA) registrou condolências aos familiares e amigos. “Lamento muito o ataque ocorrido à escola de Suzano. Me solidarizo às famílias das vítimas e espero que as causas dessa tragédia sejam encontradas. Que Deus conforte o coração dos familiares das vítimas.”

Sidney Leite, deputado federal do PSD do Amazonas, divulgou nota afirmando que “esse ataque à escola na cidade de Suzano só reforça a minha tese de ser contra o armamento. Violência só gera violência. Sou a favor do desarmamento da população.”

O ex-líder da bancada Domingos Neto (PSD-CE) lembrou que “atos como este nos fazem refletir ainda mais sobre a violência que acomete o País. É nosso trabalho criar medidas para preservar a vida dos nossos jovens. Minha solidariedade às famílias nesse momento de dor”.

Fábio Metidieri, deputado federal pelo PSD de Sergipe, manifestou sua tristeza pelo Twitter. “Sou pai e entendo o quão doloroso pode ser perder os filhos em alto tão trágico. Deixo meus sinceros sentimentos aos familiares das vítimas. Que Deus conforte a todos”.

O parlamentar fluminense Alexandre Serfiotis (PSD-RJ) lembrou que “o País novamente se entristece com a notícia de adolescentes armados no ambiente escolar realizando crimes bárbaros e retirando a própria vida (…). Neste momento de luto profundo me solidarizo com as famílias (…) desejando a todos que nosso Pai Maior conforte seus corações.”

Por sua vez, Francisco Junior, deputado federal pelo PSD de Goiás, afirmou nas redes sociais que “é preciso repensar a segurança para nossos jovens são somente com repressão, mas nos tempos que vivemos precisamos de um olhar da família, de acompanhamento psicológico e atenção social”.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter