Negócios

Limeira atrai novas empresas e gera empregos

Prefeito Mario Botion (PSD) conhece projeto de nova unidade de supermercado, que vai criar 250 empregos na cidade, com investimento de R$ 30 milhões. E já há outra unidade prevista para 2018

20/04/2017

FacebookWhatsAppTwitter

O prefeito Mario Botion recebeu representantes do grupo Savegnago, que foram levar a ele o projeto arquitetônico de um novo supermercado.

 

Bem servida por estradas e com excelente potencial econômico, Limeira, cidade de 300 mil habitantes na região central do Estado de São Paulo, tem atraído novas empresas, que devem gerar empregos e mais desenvolvimento. Na semana passada, o prefeito Mario Botion (PSD) recebeu representantes do grupo Savegnago, que foram levar a ele o projeto arquitetônico de um novo supermercado da rede fundada há 40 anos, que agora chega a Limeira.

O projeto foi apresentado pelo presidente-executivo do grupo, Sebastião Edson Savegnago, durante uma reunião realizada no Paço Municipal. A rede se prepara para abrir a loja na Avenida Dr. Lauro Correia da Silva, até o final de 2017.

A Savegnago já se prepara para abrir outra unidade em Limeira, em 2018, na Avenida Campinas. Botion deu as boas-vindas à empresa e destacou ou aspecto positivo da iniciativa, que vai gerar 250 empregos diretos. “Se a empresa está abrindo filiais em Limeira é porque nossa cidade tem potencial econômico para tal”, afirmou.

O prefeito ressaltou, ainda, a posição privilegiada que Limeira ocupa no cenário econômico, bem como sobre a importância do empreendimento. O investimento será da ordem de R$ 30 milhões.

Savegnago informou que o projeto prevê outras 16 lojas satélites junto ao supermercado, que funcionarão no mesmo endereço. “Abriremos espaço para que os comerciantes locais estejam conosco nesse empreendimento”, afirmou.

O presidente-executivo também falou sobre as características decisivas que levaram a escolha de Limeira para sediar a 40ª loja da rede e marcar os 40 anos de história do grupo, que nasceu no município de Sertãozinho. “Escolhemos Limeira pela sua pujança, localização estratégica e número de habitantes. Além disso, a cidade reúne características que facilitam o trabalho logístico”, observou Savegnago.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter