PSD JOVEM

Marcos Cesar é exemplo de eficiência em São Francisco do Pará (PA)

Em pequeno município de cerca de 15 mil habitantes, prefeito do PSD reduz o próprio salário, recupera estradas vicinais e investe em projetos para a juventude

08/02/2018

FacebookWhatsAppTwitter

O prefeito Marcos César: “Todos os secretários são qualificados em suas áreas e são indicações minhas, não são indicações políticas”

 

Gestão responsável dos recursos públicos, transparência e a consciência de que o poder deve ser exercido em benefício da comunidade, não de pequenos grupos. Assim poderia ser descrito o mandato do prefeito de São Francisco do Pará (PA), Marcos Cesar.

No município de 15,4 mil habitantes, localizado a 84 quilômetros da capital do Estado, Belém, o jovem político, de 32 anos, é conhecido como professor Marcos. Antes de exercer o cargo, ele ministrava aulas de inglês na rede pública de ensino.

Para garantir o equilíbrio do orçamento da Prefeitura, estimado em R$ 30 milhões anuais, uma das principais medidas adotadas pelo prefeito foi a redução do próprio salário, de R$ 14 mil para, aproximadamente, R$ 9 mil líquidos. Os salários do vice-prefeito, dos secretários e dos funcionários comissionados também foram reduzidos, o que gerou uma economia de mais de R$ 50 mil mensais. “Nós também cortamos tudo o que era supérfluo, como gratificações, viagens e combustível para cargos comissionados”, frisa Marcos.

Outras realizações importantes foram a reforma de prédios públicos que estavam abandonados, como o da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação, e a recuperação de mais de 400 quilômetros de estradas vicinais sem pavimentação. As obras beneficiaram principalmente a área rural da cidade, onde reside 70% da população.

“Quando assumimos a Prefeitura, todas as vicinais que dão acesso às nossas vilas não tinham trafegabilidade, a situação estava um caos. Conseguimos fazer a manutenção de todas”, destaca o prefeito.

A juventude, que sofria com a falta de perspectivas, também passou a ser valorizada pela Administração, com a inauguração do Centro Integrado de Arte e Cultura (CIAC), unidade que não somente oferece cursos artísticos, mas esportivos, entre eles caratê, capoeira e jiu-jitsu. Além disso, a Prefeitura promove cursinhos gratuitos para vestibulandos.

Renovação – Após ser eleito em uma disputa acirrada, com cerca de 500 votos a mais que o segundo colocado, Marcos rompeu um ciclo de 34 anos, período em que a cidade foi governada pelo mesmo grupo político. “Quando votou em mim, a população já esperava o novo, como aconteceu em várias cidades do País em que antigos caciques políticos perderam. Todos os secretários são qualificados em suas áreas e são indicações minhas, não são indicações políticas”, afirma o prefeito, que, entre 2013 e 2016, exerceu o cargo de vereador no município.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter