Eleições

Mídia nacional destaca fortalecimento do PSD

A posição de terceiro maior partido do Brasil foi destacada pelos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo.

31/10/2016

FacebookWhatsAppTwitter

 

O bom desempenho do PSD nas eleições municipais deste ano foi tema de todos os principais veículos de comunicação do país no domingo e nesta segunda-feira (31). O principal destaque foi para a quantidade de prefeituras conquistadas pelo partido, 541, número que colocou o PSD como o terceiro maior partido do país. O jornal O Globo, por exemplo, na reportagem intitulada “Vai e vem – O ganha e perde rumo a 2018”, apontou o PSD como uma das agremiações que saem da eleição em alta:

“O partido de Gilberto Kassab passou a controlar o terceiro maior número de prefeituras, o que o fortalece como player em 2018. Com 10% dos municípios, o PSD ficou atrás apenas do PMDB e do PSDB, tornando-se atraente para presidenciáveis que percam espaço em seus próprios partidos” (Leia aqui a íntegra da análise)

A posição de terceiro maior partido já tinha sido constatada na edição de domingo (30/10) de O Globo, na coluna do comentarista político Merval Pereira sobre a eleição e a possibilidade de um novo pacto partidário no país. Escreveu Merval: “Além de consolidar a nova base político-partidária de apoio ao governo Temer, a eleição municipal teve o papel de iniciar o arranjo de forças para a disputa presidencial de 2018. O PSD passou de 498 prefeitos eleitos em 2012 para 539 neste ano e ficou com a terceira posição como legenda com mais vitórias, passando o PT, que caiu para o décimo lugar entre os partidos”. (Veja aqui)

Também no domingo, reportagem do jornal O Estado de S. Paulo (“Base de Temer pode dominar até 90% do eleitorado do País”) demonstrava, em um grande infográfico, a posição do PSD como o terceiro maior partido do Brasil. (Leia aqui)

Nesta segunda-feira, o Estadão mostrou outro índice de crescimento do PSD – o partido vai governar 6,8% da população brasileira; após as eleições de 2012 esse índice era 6,3%.

Em sua edição de domingo, o jornal Folha de S. Paulo analisava as possibilidades das forças políticas do país no segundo turno da eleição e, após citar PMDB e PSDB, já previa a força do PSD: “Entre os outros partidos da base de Temer, o PSD é o que deve ter melhor desempenho”. E esse desempenho foi confirmado, como mostrou reportagem da própria Folha desta segunda-feira sobre a quantidade de brasileiros que cada partido vai governar, e o volume de receitas orçamentárias que deverão administrar. O PSD vai governar mais de 12 milhões de brasileiros (quarto maior partido neste quesito) e administrará um orçamento total de 34,6 bilhões de reais (quinto maior partido), contra 32,5 bilhões em 2012.

O desempenho do PSD também foi comentado pelo analista político Fernando Rodrigues, em seu blog no Uol: “O PSD, sigla criada em 2011 pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, hoje ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, é a terceira maior sigla em número de prefeitos”. Gráfico publicado pelo blog mostra que no grupo conhecido por G93 – formado pelas 26 capitais e os 67 municípios com mais de 200 mil eleitores – o PSD governará 1.556.471 eleitores.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter