PALHOÇA (SC)

No Outubro Rosa, mulheres tem acesso a mamografia sem enfrentar fila

Além disso, serão intensificados os serviços de teste rápido para diagnóstico de IST's e coletas para exames preventivos de câncer de colo do útero

11/10/2018

FacebookWhatsAppTwitter

 

No mês em que se comemora a campanha mundial “Outubro Rosa” para incentivar a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama, a Prefeitura de Palhoça preparou diversas ações relacionadas à saúde da mulher. Além disso, mulheres que procuram os postos de saúde do município para a realização da mamografia, o melhor procedimento para identificar a presença de nódulos iniciais, não precisam enfrentar fila de espera.

Com capacidade para realizar até mil mamografias por mês, a administração municipal se orgulha dessa conquista “Apesar da instabilidade da economia nacional, a administração municipal se mobiliza continuamente para melhorar o atendimento na saúde e sabe a importância desse exame para a prevenção do câncer de mama”, comenta o prefeito Camilo Martins.

Todas as unidades básicas de saúde do município estão intensificando as ações relacionadas à saúde da mulher com atendimento exclusivo para mulheres, realização de coletas de exames preventivos de câncer de colo do útero, avaliação clínica das mamas e agendamento de mamografia durante todo o mês e, no dia 20 (sábado), das 9h às 13h, haverá um evento na Praça Sete de Setembro, com orientações, teste rápido para diagnóstico de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e aferição de pressão arterial. Neste mesmo dia, as unidades funcionarão normalmente, das 8h às 17h.

O secretário de saúde, Rosinei Horácio, lembra que é comum haver resistência para averiguar e, eventualmente, identificar um problema de saúde. “A mamografia pode detectar até nódulos pequenos não verificados no autoexame e reduzir em mais de 30% as mortes por câncer de mama, que é um dos tipos de tumores malignos mais comuns e que mais matam mulheres”, preocupa-se Rosinei.

A meta da campanha é incentivar a realização de exames de mamografia em mulheres com idade entre 50 e 69 anos. Por ser um procedimento radiológico feito com um aparelho de raios-X chamado mamógrafo, não é recomendado antes dos 25 anos porque nessa idade a mama é mais suscetível à radiação. Porém, para mulheres que possuem casos de câncer de mama em parentes de primeiro grau, o risco pode ser maior e a mamografia pode começar a ser feita 10 anos antes do caso mais precoce entre os familiares que tiveram a doença.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter