EVENTO

Nova bancada do PSD assume e quer rigor contra corrupção

Deputados federais reeleitos e novatos assumiram oficialmente seus mandatos na sexta-feira (1) e falaram sobre seus objetivos na Câmara durante os próximos quatro anos

04/02/2019

FacebookWhatsAppTwitter

O recém-eleito deputado federal por São Paulo, Marco Bertaiolli, estava com a família no plenário da Câmara.

 

Com taxa de renovação semelhante à de toda a Câmara (47,6%), a nova bancada do PSD na Casa iniciou oficialmente na sexta-feira (1) a 56ª Legislatura do Parlamento nacional. Com o plenário lotado, os deputados – em sua maioria acompanhados de familiares – prestaram o juramento de servir a população brasileira. Na Câmara como um todo, dos 513 deputados, 244 são novatos. Isso representa 47,6% de renovação, índice que não era atingido na Câmara a 30 anos. O PSD elegeu 15 novos parlamentares e reelegeu outros 20.

Reeleito, o deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA) destacou a importância da ética na nova legislatura. “Quero um mandato com muita ética, por um país com menos corrupção. Que possamos fazer a economia gerar emprego, gerar renda, mais respeito à família, respeito ao trabalhador. Nosso caminho tem que ser de crescimento e de progresso”, disse.

Sandro Alex (PSD-PR), também reeleito, tomou posse e vai se licenciar para assumir o cargo de secretário de Infraestrutura do Governo do Paraná. “O PSD é forte no Paraná, conseguimos eleger quatro deputados federais e o governador do Estado. Temos muito orgulho disso. Sei que faremos um excelente trabalho à frente da Secretaria”, disse o deputado.

Pela primeira vez na Câmara, o deputado Francisco Junior (PSD-GO) disse que foi eleito para fazer as mudanças que o Brasil precisa. “Quero um mandato participativo. Essa é a minha disposição e é dessa forma que vamos trabalhar”.

Também novato, Cezinha de Madureira (PSD-SP) falou sobre sua meta no mandato. “Vou trabalhar por quem mais precisa, os mais necessitados. Acabar com a corrupção e fazer com que o Brasil possa gerar mais empregos, essa é a minha meta aqui na Câmara”.

Charles Fernandes (PSD-BA), defensor dos municípios, disse que vai honrar cada voto que recebeu. “Vamos levar recursos para o nosso Estado e para a região de Guanambi”.

Fábio Faria, reeleito pela população do Rio Grande do Norte, disse que “o mandato que eu quero é um mandato que as pessoas tenham orgulho dos seus deputados, que o cidadão se sinta representado, ouvido. Vamos trabalhar para isso”.

Domingos Neto (CE), ex-líder do PSD na Câmara, ressaltou que haverá muito trabalho nessa legislatura. “A Câmara será palco de grandes debates importantes para a população. Reformas como a da previdência e a tributária são essenciais. É preciso que o parlamento se reaproxime da população e que trabalhemos para melhorar a saúde e a educação”.

Por sua vez o deputado reeleito Alexandre Serfiotis, do Rio de Janeiro, espera que nesse mandato as pessoas tenham acesso à educação e saúde de qualidade. Médico de formação, Serfiotis diz que quer um país sem corrupção.

Marx Beltrão, do PSD de Alagoas, quer um mandato sem corrupção “que cada deputado faça a sua obrigação que é trabalhar pelo povo brasileiro, com ética e comprometimento”.

 

 

O deputado reeleito André de Paula é o atual líder da bancada do PSD na Câmara.

 

Também reeleito, Antônio Brito, da Bahia, reassumiu o compromisso de trabalhar pela saúde e pelas Santas Casas. Ele foi o relator da medida que socorre essas instituições que já são responsáveis por 70% dos atendimentos do SUS. “Reafirmo meu compromisso com o povo da Bahia e do Brasil pela defesa de uma saúde pública de qualidade”.

Eleita para a Câmara pela primeira vez, Flordelis foi a deputada federal mais bem votada do Rio de Janeiro. Ela representa as mulheres na bancada do PSD. É pastora e cantora gospel, ela é conhecida por defender os direitos das crianças e adolescentes.

O deputado recém-eleito Darci de Matos é do PSD de Joinville, de Santa Catarina. Disse em entrevista que está muito feliz de fazer parte da renovação da Câmara e que é favorável às reformas da previdência e a tributária, e vai trabalhar para combater a corrupção.

O deputado reeleito José Nunes (PSD-BA) trouxe a família para acompanhá-lo na posse. O deputado vai para o terceiro mandato e é conhecido por combater os efeitos da seca no Estado.

Misael Varela, de Minas Gerais, iniciou seu segundo mandato de deputado federal, o primeiro pelo PSD. Segundo disse, pretende “continuar exercendo a função com transparência e respeito, por um país mais seguro, com acesso à saúde e educação de qualidade”.

De Sergipe, o deputado reeleito Fábio Mitidieri é defensor do esporte e das pautas relativas à saúde. Ele iniciou sua vida pública como vereador em Aracajú, foi secretário municipal de Esporte da capital alagoana e mais tarde assumiu como secretário estadual do Trabalho.

Haroldo Cathedral vai representar os cidadãos de Roraima. Nascido em Itabira (MG), o agora deputado federal é também empresário, engenheiro da computação, administrador de empresas e doutor em ciências sociais.

Deputado federal reeleito Delegado Éder Mauro, do Pará, trabalha em defesa dos cidadãos, por mais segurança para a sociedade brasileira e contra a corrupção.

Expedito Neto, de Rondônia, vai para o segundo mandato. Na Câmara, foi titular da Comissão de Minas e Energia, da comissão especial que discute a unificação das policias civis e militar e da que trata das alterações do Código de Trânsito Nacional. Defende também temas ligados ao setor de minas e energia.

O recém-eleito deputado federal por São Paulo, Marco Bertaiolli, estava com a família no plenário da Câmara. Ele é administrador de empresas e pós-graduado em gestão pública. Foi vice-presidente da Federação das Associações Comerciais de São Paulo (Facesp) e prefeito de Mogi das Cruzes por dois mandatos consecutivos.

Eleito pela primeira vez para a Câmara Federal, Sargento Fahur, do PSD do Paraná, quer mais segurança nas ruas, “menos direitos aos bandidos e mais direitos aos cidadãos”, nas palavras dele.

O deputado reeleito Julio César é do Piauí, presidente da bancada do Nordeste na Câmara, grande conhecedor de economia e envolvido com pautas relacionadas à orçamento.

O deputado reeleito André de Paula, de Pernambuco, com a família. Ele foi o 4º Secretário da Mesa Diretora da Câmara, em 2018, e é o atual líder da bancada do PSD na Câmara.

Otto Alencar Filho, da Bahia, chega à Câmara Federal com a experiência de ter sido presidente da Agência de Fomento da Bahia e diretor do Conselho da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) do Estado.

Stefano Aguiar, de Minas, faz juramento no plenário da Câmara. Ele vai exercer o terceiro mandato de deputado federal. Atua nas questões de meio ambiente e de defesa nacional.

Por sua vez, Vermelho, deputado federal do PSD do Paraná, é advogado e novato na Câmara Federal. Já foi prefeito de Salto do Lontra (PR) e presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná.

O deputado federal Hugo Leal, do Rio de Janeiro, foi reeleito e na Câmara trabalha com temas relacionados a transporte e rodovias. É autor da Lei Seca que no ano passado completou dez anos de existência.

Do Rio Grande do Sul a bancada vai contar com o trabalho de Danrlei de Deus. Ex-jogador do Grêmio, Atlético-MG e da seleção brasileira, o parlamentar vai para o terceiro mandato. Foi titular na Comissão do Esporte e autor de projetos como o que propõe identificação biométrica em estádios de futebol e curso preparatório para técnicos de futebol.

Júnior Ferrari, do Pará, é novo na Casa e tem experiência como deputado estadual por dois mandatos.

O recém-eleito deputado federal Ney Leprevost, do PSD do Paraná, esteve com sua família na posse. No plenário, ele disse que vai honrar cada voto que recebeu. Vai se licenciar e assumir a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania do governo do Paraná.

Ricardo Guidi, de Santa Catarina, é deputado federal com experiência como deputado estadual por dois mandatos.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter