Câmara

Pacto pela vida, para garantir recursos à saúde

Deputado pelo PSD do Amazonas, Carlos Souza lançou desafio aos seus colegas da Câmara: que cada um deles destine 70% de suas emendas individuais para a área da Saúde

28/09/2017

FacebookWhatsAppTwitter

 

 

Em discurso proferido na quarta-feira (27), o deputado federal Carlos Souza (PSD-AM), lançou um desafio aos parlamentares. Ele propôs a instituição de um Pacto pela Vida em que cada deputado federal destine 70% das suas emendas individuais para a área da Saúde. De acordo com ele, “o intuito é acabar ou reduzir com as enormes filas para as cirurgias e consultas na rede pública de saúde.

O parlamentar calcula que o Pacto Pela Vida gere mais de R$ 5 bilhões para a Saúde no orçamento de 2018. Souza salientou ainda que já encaminhou um requerimento de indicação ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, solicitando que o Pacto seja instituído com a vinculação das emendas individuais de cada deputado, para a área da saúde.

“O repasse de verbas federais merece ser reestudado, tendo em vista a atual situação precária da saúde. Recentemente foi noticiado pela imprensa do Amazonas que mais de 50 mil pessoas estavam aguardando na fila por uma consulta, e outras 10 mil por cirurgias. E essa não é uma peculiaridade do Amazonas, isso ocorre em todo o País. Por isso, façamos todos, um Pacto Pela Vida”, ressaltou.

Segundo o deputado, “o povo brasileiro está morrendo nas filas por uma consulta médica. Pessoas saem de casa por volta de 17 horas para dormir nas calçadas, ao relento, em busca de atendimento”. Afirmou ainda que diversos pacientes têm que aguardar até 1 ano por uma cirurgia, e que muitos deles, morrem enquanto esperam. E completou:“Essa Casa não pode cruzar os braços para essa situação que o povo está vivenciando, não pode ser omissa! O acesso a saúde é um direito essencial, garantido pela Constituição Federal. Cada parlamentar terá direito a mais de R$ 14 milhões em emendas individuais no orçamento de 2018.”

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter