Desenvolvimento

Prefeito do PSD comemora desenvolvimento de Apucarana

Cidade do interior do Paraná, administrada por Beto Preto (PSD), é classificada entre as cinco mais desenvolvidas do Brasil, com destaque nos indicadores de Saúde e Educação

02/07/2018

FacebookWhatsAppTwitter

O prefeito Beto Preto: “É um motivo de orgulho estarmos em evidência no cenário brasileiro”

 

Apucarana, município da região Centro-Norte do Paraná, administrado pelo prefeito Beto Preto (PSD), é uma das cinco cidades mais desenvolvidas do Brasil. Ela foi classificada nesta posição pelo Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) que analisou dados de 2016 de Emprego e Renda, Saúde e Educação de 5.471 municípios brasileiros.

Entre as capitais, Florianópolis (SC) e Curitiba (PR) são as únicas a figurar entre as cem mais desenvolvidas do país. O Rio de Janeiro, por outro lado, não ficou nem entre as 500 cidades com as melhores notas. O baixo desempenho da capital fluminense foi puxado essencialmente pela retração no IFDM Emprego e Renda.

O principal resultado obtido por Apucarana – que tem 108 mil habitantes – foi no indicador de Saúde: 0,9526, seguido por Educação, com 0,9395; e Emprego e Renda, com 0,7496. No comparativo com a pesquisa divulgada no ano passado, equivalente ao ano-base de 2015, Apucarana subiu seis posições no ranking nacional e uma no estadual. O IFDM obtido era de 0,8649.

O prefeito Beto Preto comemorou o resultado. “O Índice Firjan é um balizador importante, servindo de base para grandes investidores do país, pesquisadores e também publicações de relevância no cenário brasileiro. É um motivo de orgulho estarmos em evidência no cenário brasileiro, sobretudo em uma pesquisa tão respeitada”, destacou ele.

Beto Preto ressaltou ainda os avanços que aconteceram na cidade e que propiciaram o resultado. “Desde que assumimos a prefeitura, um verdadeiro choque de gestão foi realizado. Mesmo com a dívida imensa que a prefeitura tem, conseguimos investir em áreas estratégicas que proporcionaram um aumento na qualidade de vida da população. Ainda há muita coisa a ser feita e estamos trabalhando, mas ver que nossos esforços estão dando resultado me deixa feliz”, avalia.

Para calcular o IFDM, a Firjan monitora as áreas de emprego e renda, educação e saúde com base nas estatísticas oficiais dos respectivos ministérios. O índice varia de 0 a 1, sendo que, quanto mais perto de 1, maior o desenvolvimento.

Na listagem geral, Apucarana aparece atrás apenas das cidades paulistas de Louveira (IFDM de 0,9006), Olímpia (0,8820) e Estrela do Norte (0,8810), além do município gaúcho de Vale Real (0,8807).

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter