PALHOÇA (SC)

Prefeitura entrega certificado de reconhecimento de qualidade de ensino

Escolas da rede municipal se destacaram nas provas do IDEB, realizadas pelo MEC

12/09/2018

FacebookWhatsAppTwitter

Para o prefeito Camilo Martins, boa colocação é resultado de um trabalho exaustivo, realizado por profissionais competentes.

 

 

A Prefeitura de Palhoça, na Região Metropolitana de Florianópolis, reuniu diretores de escolas do ensino fundamental para entregar O “Certificado de Reconhecimento” pela boa pontuação nas provas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB / 2017). O relatório divulgado pelo MEC, no final de agosto, indica que a Educação de Palhoça, administrada por Camilo Martins, do PSD, alcançou a meta estabelecida pelo IDEB para os anos iniciais e ultrapassou a estabelecida para os finais do ensino fundamental na rede pública de ensino.

Segundo a Secretaria de Educação, o certificado é um “mérito que revela o compromisso dos profissionais com a qualidade da Educação no município de Palhoça”.

Ao presidir a cerimônia de entrega dos certificados, o prefeito Camilo Martins disse que essa boa colocação da educação de Palhoça é resultado de um trabalho exaustivo, realizado por profissionais competentes. “Desde que assumi, sempre procurei evitar a influência do jogo político na educação. A Secretaria de Educação está despolitizada, com o predomínio em quase 100% de profissionais de carreira, da área da Educação. É um grupo técnico que traçou metas e objetivos bem planejados, bem definidos. Por isso, alcançamos resultados positivos”, afirmou. Segundo o prefeito Camilo Martins, “a educação de Palhoça serve de modelo para outros municípios”.

Os números mostram um avanço da educação em Palhoça. De acordo com os dados divulgados pelo MEC, a meta estabelecida para Palhoça, em 2017, era de 5,7 para os anos iniciais e 4,4 para os anos finais. O município garantiu a meta de 5,7 para os anos iniciais e, nos anos finais, foi ainda mais longe e alcançou a média geral de 4,9, superando a meta estabelecida.

As escolas que receberam certificado no quesito “IDEB anos iniciais”: em primeiro lugar, Escola Nossa Senhora de Fátima (bairro Aririú), que subiu de 5.6 para nota 6.3, seguida pela Escola Reinaldo Weingartner, bairro Rio Grande (5.3 para 6.2), Escola Antonieta Silveira de Souza, bairro Guarda do Cubatão (5.4 para 6.2), e a Escola Neri Brasiliano Martins, bairro Praia de Fora, que manteve a média 6.1.

No quesito IDEB “Anos Finais”: Caic, bairro Passa Vinte (de média 3.8 saltou para 5.1); Antonieta Silveira de Souza, bairro Guarda do Cubatão (3.1 para 5.0); Neri Brasiliano Martins, Praia de Fora (4.5 para 5.0); Mara Luiza Vieira Liberato, bairro São Sebastião (manteve média 5.0); e Francisca Raimunda Farias da Costa (Praia de Fora) avaliada pela primeira vez e já com média 5.0.

O IDEB é um indicador geral da educação nas redes privada e pública, composto pelo desempenho dos alunos em avaliações de português e matemática e pelas taxas de aprovação. Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho no Saeb/Prova Brasil aplicada para crianças do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter