SAÚDE

Prefeituras do PSD atuam para não faltar médicos

Em cidades do interior de São Paulo, prefeitos do partido adotaram diversas providências para garantir o atendimento à população durante o período de transição no programa Mais Médicos

17/12/2018

FacebookWhatsAppTwitter

A prefeitura de Limeira recebeu receberam nove profissionais que participarão do Mais Médicos.

 

Após a saída dos profissionais cubanos do programa federal Mais Médicos, as prefeituras do PSD no Estado de São Paulo adotaram providências para afastar qualquer possibilidade de interrupção no atendimento à população. Esse foi o caso de Ibiúna, município de cerca de 78 mil habitantes do interior paulista administrado pelo prefeito João Mello.

“Não podíamos deixar os munícipes sem atendimento, e, por isso, fizemos um trabalho rápido de reposição. Ressalto a importância desses profissionais porque essas pessoas escolheram ser médicas para cuidar de vidas e porque escolheram atender a população de Ibiúna. Deixo o meu agradecimento a eles, pela escolha do município”, destacou o prefeito.

Desde o dia 3, a cidade conta com sete novos profissionais, que substituíram os cubanos e já realizam atendimentos nas unidades básicas de saúde da zona rural. Cada médico atuará em uma das equipes do programa Estratégia Saúde da Família (ESF).

O prefeito Fabio Alves, de Potirendaba: “Fizemos reescalonamento dos profissionais e não sofremos grandes consequências”

 

Na terça-feira (11), cinco médicos que integram o programa começaram a atuar em Potirendaba. No município, que tem uma população aproximada de 17 mil habitantes, a situação também já foi normalizada. “Fizemos um trabalho de reescalonamento dos profissionais e não sofremos grandes consequências”, afirmou o prefeito Flávio Alves.

Ele destacou que o setor de saúde é uma das prioridades da gestão, que, há cerca de dois meses inaugurou o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e já iniciou a licitação para renovar a frota de ambulâncias da cidade, com a aquisição de cinco veículos.

Em Limeira, cidade de cerca de 300 mil habitantes administrada pelo prefeito Mario Botion, a situação já está praticamente normalizada. Nesta sexta-feira (14), o vice-prefeito, Júlio Pereira dos Santos, e o secretário municipal de Saúde, Vitor dos Santos, receberam mais nove profissionais que participarão do Mais Médicos.

Limeira contará com 38 profissionais do programa. Desse total, 28 já assumiram postos de trabalho em unidades de saúde e outros cinco começam na segunda-feira (17). “Irei acompanhar de perto a integração dos médicos no município e contribuir para o desenvolvimento técnico da equipe”, garantiu o secretário de Saúde.

Prazo 

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 18 o prazo para os inscritos na primeira etapa de seleção do Mais Médicos se apresentarem nos municípios. O começo da atuação deve ser estabelecido junto ao gestor local.

A primeira etapa foi aberta exclusivamente para médicos brasileiros com autorização para atuar no País. Os profissionais tinham até o dia 14 (sexta-feira) para se apresentarem nos municípios escolhidos.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter