SAÚDE

Prefeituras do PSD em SP intensificam combate à dengue

Gestões do partido promovem mutirões de limpeza, eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti e ações de conscientização contra a doença

20/02/2019

FacebookWhatsAppTwitter

Em Limeira, foram identificados 202 recipientes propícios para a formação de criadouros do mosquito.

 

As prefeituras do PSD no Estado de São Paulo intensificaram as ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. Em Limeira, município de cerca de 300 mil habitantes administrado pelo prefeito Mario Botion, agentes de saúde e controle de zoonoses promoveram mutirões no sábado (16). A programação incluiu 2.054 imóveis nos bairros Jardim Boa Vista, Vila Labak, Jardim Grêmio, Jardim Dom Oscar Romero, Jardim Celina, Jardim Boa Esperança e Parque Hipólito I.

A chefe da Divisão de Controle de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, informou que foram identificados 202 recipientes propícios para a formação de criadouros do mosquito. Desse total, 127 continham água e oito apresentavam larvas.

Durante os mutirões, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos removeu 63.750 quilos de lixo e entulho. A Operação Só Cacareco recolheu 3.060 quilos de inservíveis. A Divisão de Vigilância Sanitária também promoveu duas ações de limpeza compulsória em imóveis que apresentavam risco à saúde pública.

Em Ubatuba, município de cerca de 89 mil habitantes do litoral norte paulista, a gestão do prefeito Délcio Sato prossegue com as ações de monitoramento dos focos de dengue e a orientação sobre o combate à doença. Entre os dias 11 e 16 de fevereiro, os agentes da Equipe de Endemias concentraram suas atividades na região oeste da cidade. As ações incluíram arrastões de eliminação de criadouros do mosquito, panfletagens e vistorias em residências e estabelecimentos públicos.

Já em Rosana, cidade do extremo Oeste paulista de cerca de 19 mil habitantes, além das ações constantes da Equipe de Endemias para o combate ao mosquito, a gestão do prefeito Silvio Gabriel (PSD) promoveu no dia 15 uma passeata para conscientizar os moradores sobre a doença.

Casos

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o número de casos de dengue confirmados mais que dobrou no Estado de São Paulo nas duas últimas semanas. Boletim divulgado pelo órgão confirma 12.834 casos autóctones, em que os pacientes se contaminaram no próprio Estado. No dia 31 de janeiro, eram 4.595 casos confirmados.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter