SEGURANÇA

Projeto prevê prisão de segurança máxima para crime hediondo contra policiais

Proposta do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD-PB) foi aprovada pela Comissão de Segurança da Câmara e aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça

01/08/2017

FacebookWhatsAppTwitter

O deputado Romulo Gouveia, autor da proposta.

 

A Comissão de Segurança Pública da Câmara aprovou proposta que autoriza a Justiça a transferir para prisões federais de segurança máxima presos que tenham coordenado crimes cometidos fora da cadeia. Também poderão ser transferidos para esses presídios os presos que cometerem crime hediondo contra profissionais de segurança pública, como policiais. O projeto é de autoria do deputado Rômulo Gouveia do PSD da Paraíba, e recebeu parecer favorável do relator, deputado Aluisio Mendes (Pode-MA).

Mendes elogia a proposta. “De suma importância, temos um aumento absurdo de profissionais de segurança pública mortos nos últimos anos – mais de que 100%, são 60 mil homicídios por ano. Temos que tomar uma providência drástica. Esse criminoso ameaça a sociedade e a única maneira de intimidar é com sanções duras.”

O projeto que autoriza a Justiça a transferir para prisões federais de segurança máxima presos que tenham coordenado crimes cometidos fora da penitenciária ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter