Espaço Democrático

PSD lança 3 publicações para pré-candidatos nas eleições de outubro

“Eleições 2016 - O que pode e não pode”, “55 passos para uma boa pré-campanha” e “De olho nas regras da eleição” reúnem material completo para os pré-candidatos do partido e estão disponíveis para download no site.

08/07/2016

FacebookWhatsAppTwitter

 

capa 1O PSD está lançando três publicações específicas com todas as informações importantes sobre as eleições municipais de outubro. Eleições 2016 – O que pode e não pode, 55 passos para uma boa pré-campanha e De olho nas regras da eleição reúnem material completo para os pré-candidatos do partido seguirem à risca a nova legislação eleitoral e também dicas de como fazer um trabalho eficiente. As três publicações estão disponíveis para leitura on-line ou download para quem preferir imprimir. Basta clicar aqui. O partido cumpre, assim, o papel de dar todo suporte necessário aos seus filiados.

capa 3Eleições 2016 – o que pode e não pode é um guia que mostra, de forma didática, aquilo que é permitido e vetado pela legislaçãona fase da pré-campanha, no financiamento da campanha e na propaganda eleitoral. A introdução da chamada pré-campanha e a proibição de qualquer tipo de doação financeira ou ajuda de empresas foram as alterações mais importantes para as eleições deste ano. Antes, quase nenhuma atividade pública era permitida aos pré-candidatos até a data do início oficial da campanha eleitoral. Agora, abriu-se na pré-campanha a possibilidade de que o pré-candidato se apresente ao eleitor e defenda suas ideias – mas sem pedir votos. Já a proibição de doações por empresas altera de maneira radical o financiamento e o jeito de fazer campanha.

capa 2O caderno 55 passos para uma boa pré-campanha relaciona conselhos, reflexões e dicas para os pré-candidatos. Por exemplo, a de que as redes sociais devem ser a principal plataforma de comunicação com o eleitorado durante a fase da pré-campanha, que vai até o dia 16 de agosto. Mas há um alerta importante: nada pode ser “promovido”, como são chamados os serviços pagos de divulgação oferecidos por Facebook e Twitter, por exemplo. Apesar da importância da internet na pré-campanha, o corpo a corpo com as pessoas continua sendo uma importante maneira de divulgar ideias.

O terceiro caderno, De olho nas regras da eleição, foi produzido para ajudar os candidatos a não tropeçar na legislação durante todo o processo, desde a etapa da pré-campanha. A publicação reúne as principais legislações atualizadas pela reforma eleitoral promovida no ano passado pela Lei 13.165, as recentes Resoluções do Tribunal Superior Eleitoral e outras informações importantes. São regras que devem ser obedecidas com rigor para que o partido e seus candidatos não sejam prejudicados.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter