FORÇA FEMININA

PSD Mulher do Paraná quer ser referência nacional

Coordenadora estadual Sandra Duda atua para tornar a ala do partido um exemplo de engajamento e bom desempenho eleitoral

22/11/2017

FacebookWhatsAppTwitter

Sandra Duda com a filha Sophie

 

 

Transformar o PSD Mulher do Paraná em referência nacional de participação política e empoderamento feminino. Esse é o principal objetivo da coordenadora da ala do partido no Estado, Sandra Duda. No cargo há oito meses, a dirigente trabalha para que as mulheres possam ter cada vez mais espaço em todas as esferas de poder. O desafio é grande: dos 3.877 vereadores do Paraná, apenas 476 são mulheres, 35 delas filiadas à legenda.
“Muito além de cumprir a cota eleitoral de gênero de 30%, nossa preocupação é com a formação de quadros de candidatas fortes, engajadas, alinhadas com as ideologias do partido e, ao mesmo tempo, com os desafios sociais das mulheres. Para crescermos, temos de efetivamente assumir cargos de liderança”, ressalta Duda.

Entre as ações importantes, a coordenadora destaca os diversos encontros que estão sendo promovidos nas microrregiões do Paraná desde julho deste ano. A meta é elaborar um plano para a disputa do Governo do Estado que contemple as demandas femininas.

Duda também menciona como exemplo de iniciativa recente e positiva o evento Mulher e Poder, realizado em outubro último, em que representou a ala feminina do partido. Promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, o evento contou com a participação de profissionais destacadas em diversas áreas e debates sobre temas como “Mulher, Mídia e Cidadania”. Ainda no primeiro trimestre de 2018, será a vez de o PSD Mulher discutir mais uma vez esses assuntos, com a realização de um encontro estadual na cidade de Foz do Iguaçu.

Filiada ao partido desde a fundação, em 2011, Duda cita a coordenadora nacional do PSD Mulher, Alda Marco Antônio, como uma de suas principais referências. “Gosto da postura que ela tem em todos os eventos. É uma mulher muito firme, que nos passa força”, afirma a dirigente.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter