PSD MULHER

Rossana Camacho é referência na luta por direitos femininos

Conhecida pela atuação combativa e por importantes conquistas à causa, delegada de polícia aposentada é a nova coordenadora do núcleo feminino do partido na região de Marília, no Centro-Oeste paulista

02/04/2018

FacebookWhatsAppTwitter

Rossana Camacho vai coordenar o núcleo feminino do partido na região de Marília, no Centro-Oeste paulista.

O quadro de lideranças do PSD Mulher acaba de ganhar mais um reforço, com a filiação da delegada aposentada e integrante do Conselho Estadual da Condição Feminina de São Paulo, Rossana Camacho, que vai coordenar o núcleo feminino do partido na região de Marília, no Centro-Oeste paulista. Na década de 1980, antes de ingressar na carreira policial, Rossana já se destacava como advogada e professora universitária.

Em abril de 1987, após ter sido aprovada em concurso e participado da mobilização que garantiu a implantação da Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher de Marília, ela se tornou a delegada titular do órgão, onde atuou por 25 anos, até se aposentar. Nesse período, atendeu dezenas de milhares de casos de agressão doméstica e violência sexual.

“Os casos de estupro, quando ocorriam, eram sempre solucionados e os autores desses crimes tiveram penas pesadas”, relembra a coordenadora do PSD Mulher.

Em 1997, Rossana foi eleita a primeira presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Marília (CMDM), criado no ano anterior. Ela exerceu outros dois mandatos, de 2001 a 2004 e de 2007 a 2012.

Como delegada e presidente do Conselho, promoveu conferências, encontros e fóruns que culminaram na implantação de procedimento padrão de atenção às vítimas de violência sexual nos hospitais públicos da cidade. “A pessoa que chega ao Hospital da Mulher hoje e que foi vítima de violência é tratada com respeito e atenção por psicólogos e enfermeiros. Antes isso não existia e nós conseguimos implantar esse protocolo”, explica.

Rossana também foi responsável, em 2001, pela criação na delegacia do Núcleo de Apoio Multidisciplinar (NAM), que oferece atendimento social, psicológico e jurídico às vítimas e familiares. Em 2005, liderou a implantação da Rede Mulher de Marília, formada por 31 entidades e serviços de atenção e proteção. O trabalho resultou ainda na implantação da Coordenadoria da Mulher na Prefeitura de Marília, quatro anos mais tarde.

Reconhecimento

Em 2009, as boas práticas realizadas na delegacia obtiveram o reconhecimento do Ministério da Justiça e do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). Além disso, foram expostas em Brasília, na 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, e em seminário promovido em 2011 na cidade de Coimbra, em Portugal.

Em decorrência de sua atuação combativa, em 2012 Rossana foi uma das 14 brasileiras selecionadas pela Secretaria de Governo dos Estados Unidos para participar de intercâmbio cultural e educacional sobre violência doméstica, lideranças femininas e empoderamento de mulheres, difundindo seus conhecimentos e experiências para profissionais de outros 53 países.

A coordenadora do PSD Mulher de Marília e região recebeu várias condecorações de clubes de serviços, entidades públicas e privadas, entre elas o título de cidadã benemérita de Marília, a medalha Ruth Cardoso e a medalha de ouro da Associazione Lucchese nell Mondo de Lucca, na Itália.

Política

Depois de tantos anos de ativismo, o ingresso na política se deu de maneira natural e por afinidade com as diretrizes do PSD. A escolha contou com o incentivo do vereador e presidente da sigla na região de Marília, Marcos Rezende.

A ficha de filiação foi abonada pela coordenadora nacional do núcleo feminino, Alda Marco Antonio, durante evento promovido na sede do partido, em São Paulo, para comemorar o Dia Internacional da Mulher (8).

“A Alda me deu a incumbência de coordenar o PSD Mulher de Marília e região, divulgar o partido e suas diretrizes junto às mulheres, incentivando-as a participarem mais ativamente da vida política, desmistificando certos tabus e contribuindo também para que venham para o PSD. É uma grande responsabilidade e me empenharei ao máximo para atender às expectativas”, ressalta Rossana.

Alda não economiza elogios à nova filiada. “Conheço o trabalho de Rossana Camacho há mais de 25 anos. Nós, do PSD, ficamos honrados e muito felizes com a filiação dessa grande liderança”.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter