TÍTULO

Salinas (MG) agora é a capital nacional da cachaça

Projeto da deputada Raquel Muniz (PSD-MG) foi sancionado pelo presidente Temer. Com a medida, cidade deve ganhar importância nos roteiros turísticos e gerar mais emprego e renda

20/12/2018

FacebookWhatsAppTwitter

 

A deputada Raquel Muniz: “O sabor da nossa cachaça é internacional, é a melhor cachaça.”

 

O presidente Michel Temer sancionou nesta quarta-feira (19) proposta da deputada Raquel Muniz (PSD-MG) que confere o título de capital nacional da cachaça ao município mineiro de Salinas. Com a promulgação, Raquel Muniz acredita que Salinas atrairá um número ainda maior de amantes da cachaça e terá uma participação cada vez mais efetiva na cadeia turística e também na captação de recursos para fomentar a produção da bebida.

Localizada a 600 quilômetros de Belo Horizonte, Salinas tem pouco mais de 42 mil habitantes e realiza todos os anos o Festival Mundial da Cachaça. No ano de 2012 foi inaugurado o Museu da Cachaça no antigo aeroporto da cidade, composto por oito salas que incluem rico acervo de garrafas e moinhos que remontam um passado ligado à sociedade do açúcar, plantação, colheita e moagem da cana.

A cachaça é uma das mais importantes atividades econômicas de Salinas, e tem sido um dos pilares para a estruturação turística do município.

Para a deputada Raquel Muniz, “o sabor da nossa cachaça é internacional, é a melhor cachaça. Só de saber que no próximo festival já teremos esse selo, esse reconhecimento, isso nos dá muita alegria e motivação para levar este título aos quatro cantos do mundo”. Atualmente, mais de 50 marcas são produzidas na cidade mineira, que registra uma produção anual de mais de 15 milhões de litros de aguardente.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter