Tosta propõe ensino de Libras na educação básica

O projeto prevê, entre outras coisas, que o estudo de Libra seja obrigatório para estudantes surdos em escolas públicas ou privadas.

22/08/2012

FacebookWhatsAppTwitter

O Projeto de Lei 2.040/11, de relatoria do deputado Walter Tosta (PSD-MG) e que estabelece a educação de Língua Brasileira de Sinais (Libra) em todas as etapas e modalidades da educação básica, foi aprovado na tarde desta quarta-feira (22) em reunião ordinária da Comissão de Seguridade Social e Família.

O projeto prevê, entre outras coisas, que o estudo de Libra seja obrigatório para estudantes surdos em escolas públicas ou privadas. “Para conversar em Libras não basta apenas conhecer os sinais de forma solta, é preciso uma educação para conhecer sua estrutura gramatical, combinando-os em frases”, afirmou.

Pelo projeto, fica também exigida a necessidade de professores surdos nessas redes de ensino, fator que foi considerado de muita importância pelo deputado.

Leia mais no PSD Câmara.

 

FacebookWhatsAppTwitter

1 Comentário

  1. avatar JANAINA HELENA DA MOTA disse:

    MUITO IMPORTANTE. PARA AS CRIANÇAS OUVINTES E SURDAS.
    professorainfantil.blogspot.com.br




*

FacebookWhatsAppTwitter