Investimentos

Turismo cresce 12% no Rio Grande do Norte

Governador Robinson Faria (PSD) destaca os incentivos e investimentos que seu governo vem fazendo no setor. Captação de turistas aumentou muito acima da média observada em todo o País

17/05/2017

FacebookWhatsAppTwitter

Robinson Faria: “Nosso governo foi o primeiro a investir, de fato, na cadeia turística. Vamos além da oferta de sol e mar”

 

Graças a investimentos feitos no turismo do Rio Grande do Norte, o setor registrou, em 2016, crescimento de 12% na captação de turistas estrangeiros. Ao mesmo tempo, o Nordeste como um todo teve queda de 7,25% e, no Brasil, esse índice cresceu apenas 4%, em relação ao ano de 2015. “É muito gratificante saber que nosso esforço em investir no turismo, em isentar o ICMS para o querosene de aviação de voos charters foram o gatilho para o incremento no setor”, disse o governador Robinson Faria (PSD) em evento para apresentação do balanço de investimentos aplicados no turismo pelo Governo do RN, via programa Governo Cidadão.

De acordo com Faria, os resultados obtidos atestam “que o nosso Governo foi o primeiro a investir, de fato, na cadeia turística. Vamos além da oferta de sol e mar, oferecendo muita cultura aos potiguares e turistas com a revitalização das praças históricas e de patrimônios que fazem a história do RN e Brasil”.

Os investimentos feitos pelo governo potiguar ultrapassam os R$ 60 milhões, totalmente investidos na divulgação do Rio Grande do Norte em feiras nacionais e internacionais, campanhas, material gráfico, eventos, estudos e obras. Foi por meio dessa verba, por exemplo, que o RN participou, com um estande, da feira internacional de turismo TTG Incontri 2015, considerada a principal feira de turismo da Itália. Também com esse investimento, o RN participou, em Portugal, da Feira de Viagens Mundo Abreu e da BTL Lisboa, entre os anos de 2015 e 2017, colaborando para a captação de turistas para o Estado.

O secretário de turismo Ruy Gaspar agradeceu ao empenho de Robinson Faria. “Graças ao governador que acreditou na força do turismo e a incentivos como esse, tivemos aumento no número de operações das empresas aéreas nacionais e internacionais. Em 2016, foram contabilizados 30.425 turistas estrangeiros e esta procura é também o resultado de um trabalho de divulgação e promoção como não se via há pelo menos 12 anos. O que nos fez conquistar desde voos internacionais partindo direto de Natal, à divulgação dos polos e maior ocupação hoteleira no interior do estado”, ressaltou.

O secretário extraordinário de Gestão de Projetos, Vagner Araújo, esclareceu que além do valor empregado por meio do Banco Mundial, o governo está investindo ainda, cerca de R$ 30 milhões na revitalização, crescimento e expansão do turismo potiguar, com verba própria e vinda da União. “A partir do momento que revitalizamos patrimônios como teatros, museus como Câmara Cascudo, A Rampa, a Fortaleza dos Reis Magos, estamos oferecendo opções para o turista permanecer mais tempo, de maneira a consumir mais, o que aquecerá sobremaneira a economia do estado”, concluiu Vagner.

FacebookWhatsAppTwitter

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário!




*

FacebookWhatsAppTwitter