Loading

Pesquisar

Junji Abe: “Dia de parque”

Em artigo, ex-deputado pelo PSD-SP aborda a importância dos parques públicos de lazer e entretenimentos para as famílias, e conta como foi a experiência como prefeito de Mogi das Cruzes na implantação dessas áreas verdes na cidade.

07 de jan de 2016

Junji Abe, ex-prefeito de Mogi das Cruzes e ex-deputado federal pelo PSD-SP

Era o final do século passado. A população de Mogi das Cruzes cobrava a reabertura do Parque Municipal Francisco Affonso de Mello, aos moldes do que conhecera na década de 1970: piqueniques, pedalinho e teleférico, aliada à descomunal degradação ambiental, no coração da Serra do Itapeti.

Disputava a Prefeitura em 2000. Dizia a verdade: o Parque Municipal seria unidade de conservação da biodiversidade e restrito a atividades educativas. Este foi o compromisso inserido no PGP (Plano de Governo Participativo). Em contrapartida, registrei que a cidade ganharia um parque do povo, urbano.

O primeiro foi o Parque Leon Feffer, na Vila São Francisco. Transformamos pó e areia – passivo da exploração do subsolo – num espaço de uso múltiplo para conectar lazer, esportes, recreação e cultura com preservação e educação ambiental.

Mais tarde, já no segundo mandato como prefeito, viria o Parque Centenário da Imigração Japonesa. Antes do empreendimento, tudo o que havia na área, em César de Souza, eram crateras herdadas da exploração mineral.

O Parque Centenário tornou-se referência para o lazer. Em 2010, foi eleito uma das “Sete Maravilhas de Mogi das Cruzes”. Dá um enorme orgulho ver famílias fazendo piquenique, usando churrasqueiras, minicampo, quadra de vôlei e chalés, além das trilhas em meio a mosaicos verdes.

Fico ainda mais satisfeito com a alegria das crianças. Todas encontram opções gratuitas de recreação. Nada teriam, sem os parques e as edições de A Rua Feliz – outra iniciativa nossa, mantida pelo meu sucessor Marco Bertaiolli (PSD), que leva aos bairros pula-pula, piscina de bolinhas e tobogã, além de dança, música e brincadeiras.

Mogi ainda precisa de muito mais iniciativas gratuitas de lazer. Mas, vale notar os avanços consolidados nos últimos 15 anos. A Cidade ganhará, até o final do ano, seu terceiro parque urbano, na área onde funcionava o Clube Siderúrgico.

Outra notícia: o governo federal repassou à Prefeitura cerca de R$ 700 mil referentes à emenda que apresentei, enquanto deputado federal, para infraestrutura esportiva da Praça da Liberdade, em Jundiapeba. Haverá campo de futebol, quadra, playground e pista de caminhada, entre outros benefícios. A inauguração deve ocorrer neste mês. São boas iniciativas para oferecer ao mogiano um novo dia de parque.

Informações Partidárias

Notícias