documento

A contribuição da gestão Kassab para a ciência no País

Espaço Democrático publica balanço das iniciativas adotadas por Gilberto Kassab à frente do Ministério da Ciência e Tecnologia, no período entre maio de 2016 e dezembro de 2018

05/09/2019

FacebookWhatsAppTwitter

 

 

A entrega da primeira fase do acelerador de partículas Sirius, maior projeto da ciência brasileira, que torna possível grande salto nas pesquisas desenvolvidas no país em diferentes campos, foi uma das realizações efetivadas durante a gestão de Gilberto Kassab no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Essa e outras iniciativas de grande importância para o desenvolvimento tecnológico e científico do País são analisadas em balanço da gestão editado pelo Espaço Democrático – a fundação do PSD para estudos e formação política.

O texto – cuja versão online pode ser acessada aqui – traz opiniões de dirigentes de entidades e associações de setores ligados a Ciência e Tecnologia, Inovação e Comunicações, e também de gestores de entidades vinculadas ao Ministério e dirigentes da pasta durante o período 2016-2018.

O balanço trata, entre outros projetos, da bem-sucedida implementação da TV digital, parceria do Ministério com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Abert, Abratel e entidades do setor de radiodifusão. Também discute o programa “Internet para Todos”, por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, que permite cobertura em banda larga em todo o território nacional. E ainda fala das iniciativas em setores como estímulo ao empreendedorismo e à inovação, transformação digital, apoio à pesquisa e suporte ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Quando Gilberto Kassab assumiu, em maio de 2016, o Ministério se consolidava a partir da fusão das antigas pastas de Ciência e Tecnologia e de Comunicações, e tinha como desafio demonstrar efetividade desta união e tocar projetos em diferentes segmentos em meio a um rigoroso ajuste fiscal e crise política que dificultava o andamento de projetos do Governo Federal.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter