MUNICÍPIOS

Curitiba testa radar para reduzir a poluição sonora

Iniciativa da gestão do prefeito Rafael Greca (PSD) vai atender às reclamações contra o barulho do trânsito. Equipamento vai captar imagens e áudios de veículos que emitam sons acima do permitido

06/10/2022

FacebookWhatsAppTwitter

 

Radar em rua de Curitiba

 

Redação Scriptum

 

A gestão do prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PSD), poderá ter um novo aliado no combate à poluição sonora na cidade. A Prefeitura da capital paranaense já anunciou que está testando um novo equipamento, capaz de flagrar o excesso de ruído nos veículos. O aparelho identifica os veículos que provocam mais ruído, sejam motos, automóveis ou caminhões, com escapamentos fora do padrão ou adaptados.

A tecnologia é inédita no Brasil e, segundo a superintendente de Trânsito de Curitiba, Rosangela Battistella, busca atender às reclamações da população sobre o nível do barulho. ”Vamos identificar o horário de maior incidência e o tipo de veículo para que possamos atuar com blitz educativas e também com a fiscalização”, explica a superintendente.

A ação faz parte da Semana Nacional do Trânsito e do Setembro da Mobilidade, que também engloba a adoção de tecnologias limpas de transporte coletivo. É o caso dos testes dos ônibus elétricos, que começaram a rodar nas ruas da capital paranaense de forma experimental e, além de não emitirem carbono, ajudam na redução de ruídos.

O radar que identifica veículos barulhentos foi instalado pela Prefeitura no bairro Tarumã, em conjunto com um equipamento que fiscaliza a velocidade dos veículos. Dessa forma, o detector de ruídos capta as imagens e os áudios dos carros que estejam emitindo sons acima do permitido, de forma automática.

Por enquanto, o equipamento não pode multar os motoristas transgressores, pois precisa de homologação do Inmetro e da regulamentação de órgãos de trânsito.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter