MUNICÍPIOS

Olímpia (SP) vai ganhar primeira creche noturna

Projeto do prefeito Fernando Cunha (PSD) facilita a vida dos pais que precisam trabalhar à noite e não têm com quem deixar seus filhos

06/10/2022

FacebookWhatsAppTwitter

O prefeito Fernando Cunha: “Vamos iniciar com 40 vagas, para sentir a demanda, e ampliar conforme for viável”

 

Redação Scriptum com Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Olímpia

 

Para garantir mais tranquilidade aos pais que trabalham à noite, a gestão do prefeito de Olímpia, Fernando Cunha (PSD), vai implantar, em 2023, uma creche noturna no município de 55 mil habitantes do interior do Estado de São Paulo. Inédita na cidade, a iniciativa foi estabelecida pela lei municipal 4.817/2022, publicada no Diário Oficial nesta quinta-feira (6). Tanto o município quanto as instituições particulares poderão oferecer atendimento nesse período. “Atenção e cuidado às necessidades de nossa população são as premissas do nosso trabalho. É pensando nisso que estudamos a legalidade do projeto e agora vamos implantar a primeira creche noturna de Olímpia. A única que temos conhecimento em toda a região e que, a partir de 2023, irá beneficiar pais que precisam trabalhar fora do horário comercial, uma realidade cada vez mais presente em nossa cidade, principalmente, devido ao crescimento do turismo”, afirma o prefeito.

O projeto terá uma fase de testes na Creche Imaculada. A unidade funcionará de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 23h30, e vai atender crianças de 4 meses a 3 anos e 11 meses de idade. Durante o período, serão desenvolvidas atividades lúdicas e oferecidos todos os cuidados necessários, inclusive para crianças com deficiência. “Vamos iniciar com 40 vagas, para sentir a demanda, e ampliar conforme for viável. Agradeço o apoio dos vereadores, que não mediram esforços para concretizar mais essa ação em favor da população”, destaca Fernando Cunha.

Atendimento

O funcionamento das creches no horário especial atenderá exclusivamente os pais e responsáveis que comprovarem atividade profissional ou acadêmica no período noturno. Além disso, o tempo de permanência da criança na unidade, somados todos os períodos, não pode ultrapassar dez horas diárias. Mediante identificação, o pai ou responsável pela criança poderá buscá-la em qualquer horário na creche noturna. A prefeitura de Olímpia ainda vai divulgar o prazo para que os interessados no atendimento do novo serviço possam fazer o cadastramento.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter