MUNICÍPIOS

Prefeito declara situação de emergência em Florianópolis

Topázio Neto (PSD), está colocando todos os recursos da administração no esforço para enfrentar os estragos provocados pelas chuvas que vêm atingindo a região desde o final de semana

01/12/2022

FacebookWhatsAppTwitter

 

O prefeito Topázio Neto: “Vamos evitar o máximo de deslocamento possível enquanto persistir a forte precipitação na nossa região”

 

Redação Scriptum

 

O prefeito de Florianópolis, Topázio Neto (PSD), está colocando todos os recursos da administração no esforço para enfrentar os estragos provocados pelas chuvas que vêm atingindo a região desde o final de semana. Segundo ele, a principal preocupação agora é “preservar vidas”. Por meio do Twitter, ele informou nesta quinta-feira (1) que percorreu a cidade durante a madrugada e “estamos aproveitando a claridade agora para avaliar melhor os impactos. Foco hoje é assegurar vidas!”.

Topázio Neto decretou situação de emergência na cidade por conta das fortes chuvas. As aulas na rede municipal de ensino da cidade foram suspensas. “Vamos evitar o máximo de deslocamento possível enquanto persistir a forte precipitação na nossa região. A expectativa é melhorar entre tarde e noite de quinta”, afirmou o prefeito.

A chuva registrada em Santa Catarina desde o final de semana voltou a ficar intensa entre a noite de quarta (30) e a madrugada de quinta-feira (1º). Entre as consequências, estão deslizamentos de terra e alagamentos em diversos municípios. Também há trechos de rodovias interditados nesta quinta-feira (1º), como a BR-101 no Morro dos Cavalos, em Palhoça, segundo a Polícia Rodoviária Federal (veja mais abaixo).

Em balanço até a noite de quarta-feira, a Defesa Civil informou que mais de 880 pessoas estavam desalojadas em Santa Catarina. Segundo o órgão, o Estado continuará a ter chuvas fortes e instabilidades nos próximos dias.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter