CONGRESSO

Senadores do PSD destacam compromissos ambientais

Representantes do partido, liderados pelo presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), participaram da COP27, conferência sobre mudanças climáticas encerrada no Egito na sexta-feira

18/11/2022

FacebookWhatsAppTwitter

O senador Sérgio Petecão: “Precisamos urgentemente de energia limpa e ações verdadeiras por parte dos países mais desenvolvidos”

Redação Scriptum

Encerrada na sexta-feira (18), a 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP27) teve a participação de parlamentares do PSD. Além do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), estiveram presentes também no evento realizado no Egito, para debater as mudanças climáticas, os senadores Sérgio Petecão (PSD-AC) e Daniella Ribeiro (PSD-PB).

Em sua conta no Twitter, Rodrigo Pacheco afirmou que o Senado está comprometido “com as questões climáticas e com o desenvolvimento econômico sustentável”. Segundo ele, as questões ambientais são temas “que só podem andar para frente, não mais andar para trás”. Pacheco ainda disse que “conciliar a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico é possível e é necessário”. Conforme relatou o presidente, foi possível perceber, em vários encontros da COP 27, “o desejo que o Brasil retome o protagonismo internacional de nação desenvolvida protetora do meio ambiente”.

Por sua vez, o senador Sérgio Petecão destacou nas redes sociais sua participação no evento internacional. Segundo ele, o encontro serviu para afirmar o compromisso do parlamento brasileiro com os esforços globais para enfrentar esse fenômeno negativo que representa uma ameaça existencial ao nosso Planeta.

A senadora Daniella Ribeiro

“Discutimos as várias dimensões do fenômeno das mudanças climáticas, bem como os efeitos no desenvolvimento sustentável, como estabelecer justiça no tratamento das mudanças necessárias e seus impactos, principalmente os compromissos ainda não cumpridos pelos países desenvolvidos, em contribuírem com US$ 100 bilhões anualmente, para financiarem de forma sustentável a ação climática, dando prioridade aos países menos desenvolvidos e aos países mais vulneráveis para os riscos desse fenômeno para a humanidade. Precisamos urgentemente de energia limpa e ações verdadeiras por parte dos países mais desenvolvidos, para salvar a humanidade”, escreveu.

De acordo com Petecão, a COP27 “tem se mostrado uma iniciativa importante para elevarmos essa discussão para um nível mais avançado”. Ele disse que “o fundamental é mostrar para outros países a realidade das pessoas que moram na Amazônia”.

A senadora Daniella Ribeiro (PP-PB) definiu como “intenso” o seu trabalho na COP27. Em sua conta no Twitter, ela disse que “as reuniões parlamentares trazem temáticas como desenvolvimento sustentável, transferência de tecnologia para países em desenvolvimento e mais vulneráveis e a necessidade de aumentar as metas de redução de emissões de gases de efeito estufa”.

FacebookWhatsAppTwitter

  0 Comentários

FacebookWhatsAppTwitter