Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

BH pode anunciar novas restrições contra covid-19

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) convocou entrevista coletiva nesta quarta-feira para falar sobre o tema. Embora novas vagas de UTI para pacientes tenham sido criadas, a taxa de ocupação está em 90%

25 de jan de 2022 · Belo Horizonte, Kalil, prefeitos

Alexandre Kalil: embora tenha aumentado a oferta de leitos de UTI, ocupação está em 90%


Redação Scriptum com jornal Hoje em Dia
Apesar das medidas adotadas pela Prefeitura de Belo Horizonte para enfrentar o aumento de casos de covid-19 na cidade, os números não têm melhorado e é possível que novas restrições sejam adotadas nesta quarta-feira (26). A cidade chegou a abrir mais de 260 leitos em duas semanas, mas a taxa de ocupação de enfermarias e UTIs seguiu em nível vermelho, de alerta máximo.
De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado na segunda-feira (24), mais de 90% das vagas de UTI estão com pacientes graves. O cenário é semelhante nas enfermarias, com 89,7% de ocupação.
O prefeito Alexandre Kalil (PSD) convocou para esta quarta-feira uma entrevista coletiva para falar sobre o cenário da pandemia na cidade. Também estarão presentes o secretário de Saúde Jackson Machado e membros do Comitê de Enfrentamento à doença. O comitê está se reunindo diariamente desde a semana passada e novas medidas para conter a disparada de casos da covid-19 poderão ser anunciadas.
Em entrevista na última sexta-feira (21), o secretário de Saúde disse que os índices do coronavírus na capital durante esta semana definiriam os próximos passos do município. “Nós estamos analisando todas essas situações e, caso necessário, se até quarta-feira (26) o perfil epidemiológico se mostrar do jeito que está, pode ser que medidas restritivas sobre esses eventos venham acontecer. Cancelamentos não estão descartados, é possível que haja”, afirmou Machado.

Informações Partidárias

Notícias