Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Canoas (RS) reforça campanha de prevenção ao suicídio

A administração do prefeito Jairo Jorge (PSD) realiza seminário que integra a programação do Setembro Amarelo, voltado à conscientização e prevenção dos suicídios, especialmente entre os jovens

28 de set de 2023 · Canoas, Jairo Jorge, prefeitos, suicídios

No seminário, palestrantes discutiram número de suicídios na cidade, que registrou recorde em 2020

Edição Scriptum com Prefeitura de Canoas

Em Canoas, cidade de 347 mil habitantes na região metropolitana de Porto Alegre, a campanha Setembro Amarelo, voltada à conscientização e prevenção ao suicídio, ganhou um reforço com o Seminário Amar elo Cura, que alerta para o aumento das tentativas de suicídio entre os jovens. Realizado pela gestão do prefeito Jairo Jorge (PSD), o evento reuniu profissionais da saúde, educação e assistência para a troca de informações sobre a necessidade de discutir a pauta mais abertamente na sociedade.

O antropólogo do Observatório de Segurança Pública da Secretaria Municipal de Segurança, Calvin Furtado, foi um dos palestrantes do evento. Segundo ele, Canoas registrou 42 suicídios consumados ao longo de 2020, ano com maior número de registros da história. “Em relação ao acumulado, entre os meses de janeiro e agosto, o ano de 2023 fica à frente de 2021 e atrás dos anos 2020 e 2022. A média para o ano de 2020 foi de 3,5 suicídios consumados por mês, seguido por 3,1 em 2021 e 3,25 em 2022”, destacou o antropólogo.

Sobre o gênero e a faixa etária de quem cometeu suicídios em Canoas em 2023, Furtado ressaltou que, assim como o padrão dos anos anteriores, os homens são os que mais cometem suicídio, representando 73%, e a faixa etária está entre os 40 e 44 anos. Em relação às mulheres, a concentração está na população acima dos 60 anos.

O palestrante também abordou os índices de tentativas de suicídio, com predominância na faixa etária entre 15 e 19 anos. Já a automutilação se concentra em pessoas com idade inferior aos 20 anos, tanto para homens quanto para mulheres.

Comitê de Prevenção

Em 2018, foi instituído no município o Comitê Canoense de Prevenção ao Suicídio, constituído pelo setor de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, a partir da constatação do aumento no números de tentativas de suicídio e automutilações. De acordo com a assistente social do Comitê, Simone Glimm, as equipes de Saúde Mental e Vigilância em Saúde começaram na época a monitorar e planejar ações para acompanhamento e monitoramento dos índices. “Organizamos um comitê com a participação da Secretaria de Educação e Assistência Social também e, assim, partimos para ações de prevenção e conscientização sobre suicídio. Na maioria das vezes, quem comete suicídio tem algum transtorno associado”, ressaltou.

Informações Partidárias

Notícias