Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Cotia (SP) congela tarifa dos ônibus municipais

Pelo terceiro ano consecutivo, Prefeitura manteve o valor do serviço em R$ 4,50. “Sabemos dos impactos da pandemia na vida da população”, afirmou o prefeito Rogério Franco (PSD)

06 de jan de 2022

O prefeito Rogério Franco: “Sabemos dos impactos da pandemia na vida da população”

Pelo terceiro ano consecutivo, os usuários do transporte coletivo em Cotia vão pagar R$ 4,50 pela viagem em qualquer linha do município da Região Metropolitana de São Paulo. Determinada pelo prefeito Rogério Franco (PSD), a medida foi motivada pela preocupação com os efeitos negativos provocados pela pandemia de covid-19 na cidade, com população estimada pelo IBGE em 257 mil habitantes.

Franco comentou a iniciativa em texto publicado em suas redes sociais. “Sabemos dos impactos da pandemia na vida da população. Por isso, pelo terceiro ano consecutivo decidimos manter o valor da passagem dos ônibus municipais. Não autorizei nenhum reajuste. Essa medida é extremamente importante para os trabalhadores e empregadores. Vamos continuar trabalhando para apoiar e garantir oportunidades a todos que moram em Cotia”, destacou o prefeito.

Em Cajamar, outra cidade da Grande São Paulo administrada pelo PSD, também não haverá aumento no valor das passagens de ônibus. Desde 2019, os moradores da cidade, que tem cerca de 79 mil habitantes, pagam R$ 4,60 pelo serviço. O congelamento foi confirmado pelo prefeito Danilo Joan no último dia 28. “Somos a única gestão da história de Cajamar que proíbe, pelo terceiro ano consecutivo, o aumento das tarifas de ônibus municipais. Sabemos o quanto esse serviço ainda precisa evoluir em nosso município e já cobramos da empresa responsável as melhorias necessárias. Estamos trabalhando para atender as reivindicações de todos”, afirmou Joan.

Informações Partidárias

Notícias