Loading

Pesquisar

CÂMARA

Em debate, impactos na economia do aumento da energia

Lembrando que a inflação da energia foi de 21,21%, em 2021, o deputado Sidney Leite (PSD-AM) requereu debate público para analisar os efeitos dos reajustes sobre os setores econômicos

05 de jul de 2022

O deputado Sidney Leite: em 2021 a inflação da energia foi de 21,21%, uma variação de 110,8% em relação ao IPCA do ano.

Redação Scriptum com Agência Câmara

A requerimento do deputado Sidney Leite (PSD-AM), a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara promove audiência pública nesta quarta-feira (6) para discutir os impactos do reajuste da tarifa de energia na economia. De acordo com o parlamentar amazonense, “a energia é indispensável para diversos segmentos, especialmente para o setor de comércio e serviços e de indústria. Este último é responsável por mais de 40% do consumo e, assim, qualquer aumento de tarifa tem influência na economia”.

Sidney Leite lembra ainda que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2021 a inflação da energia foi de 21,21%, uma variação de 110,8% em relação ao IPCA do ano. “Consequentemente, o mais atingido na história é o cidadão, que assiste à deterioração de seu poder de compra e ao comprometimento do seu orçamento familiar. E, nesse caso, o impacto é mais perverso para as famílias mais pobres”, destaca.

Foram convidados para discutir o assunto representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep).

Informações Partidárias

Notícias