Loading

Pesquisar

Espaço Democrático

Emerson Kapaz defende novas agendas para o país

Para empresário, que participou de encontro virtual da fundação do PSD, é preciso deixar de lado as questões menores e construir um plano para o futuro

15 de fev de 2022

 

Edição: Scriptum

O Brasil precisa deixar de discutir questões menores, como vem acontecendo nos últimos meses, e se dedicar à construção de uma nova agenda econômica, social e ambiental. A proposta é do empresário Emerson Kapaz, um dos fundadores do Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), entidade empresarial apartidária formada por empreendedores de todos os portes que lutam pelo fortalecimento da cidadania e aprofundamento da democracia.

Ex-deputado federal e ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Kapaz defendeu, em entrevista ao programa Diálogos no Espaço Democrático, produzido pela TV da fundação do PSD e disponível em seu canal de Youtube, a urgência de uma definição dos rumos do País. O programa também pode ser ouvido em podcast.

“O Brasil está enfrentando dificuldades enormes e ninguém hoje discute qual é a agenda, o que queremos para a frente?”

Para ele, toda a sociedade precisa participar desse debate, estabelecendo diretrizes para as questões econômicas, sociais e, especialmente, para o meio ambiente. “Fomos convidados para participar da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que reúne os países mais desenvolvidos, mas o pressuposto básico é: para entrar, o Brasil precisa provar que não está fazendo o que todo mundo está vendo que o País está fazendo, que é desmatar”.

No campo social, Kapaz alertou para o impacto das novas tecnologias sobre o mercado de trabalho. “Precisamos nos preparar para as novas funções que vão aparecer. As pessoas terão que ser capacitadas para atender às novas demandas das empresas”, disse.

O empresário também destacou sua preocupação com o desenvolvimento de fontes de energia limpa. “A oferta de novas alternativas está crescendo em uma velocidade muito grande, mas elas ainda têm participação pequena na matriz energética”, destacou.

No programa Diálogos no Espaço Democrático desta semana, Emerson Kapaz foi entrevistado pelo jornalista Sérgio Rondino, âncora do programa de entrevistas e debates. Participaram também o coordenador de Relações Institucionais do Espaço Democrático, Vilmar Rocha; os cientistas políticos Rubens Figueiredo e Rogério Schmitt; e o empresário e gestor público Andrea Matarazzo.

Informações Partidárias

Notícias