Loading

Pesquisar

MINISTÉRIO

Fávaro recebe propostas para a Embrapa avançar

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, recebeu relatório de grupo de especialistas com sugestões para tornar ainda mais eficiente a ação da empresa, que é conhecida em todo o mundo

06 de out de 2023

O ministro Carlos Fávaro (à direita) recebeu o documento e irá levá-lo ao presidente Lula para discutir a implementação das propostas sugeridas pelo grupo

Edição Scriptum com Ministério da Agricultura

Uma das principais responsáveis pelo grande desenvolvimento da agropecuária brasileira nas últimas décadas, cujo trabalho é reconhecido mundialmente, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) quer se tornar mais moderna, ágil e eficiente.

Propostas nesse sentido constam do relatório final do Grupo de Trabalho de Estudos Avançados de Aprimoramento do Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA), entregue esta semana ao ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, senador licenciado do PSD-MT.

O grupo, comandado pelo ex-presidente da Embrapa, Silvio Crestana, entregou sugestões a serem implementadas para que continue cumprindo seu papel de vanguarda.

Durante a entrega do documento, Carlos Fávaro destacou a relevância da instituição de pesquisa. “Nesses nove meses de governo eu consegui perceber o tanto que a Embrapa é querida, não só no Brasil. Em todas as viagens internacionais, todos querem saber da empresa e fazer cooperação. Isso demonstra o tamanho da grandiosidade e da missão que temos em mantê-la nesse patamar de referência”, disse.

O relatório reflete no futuro que se espera para a Embrapa, que é reconhecida mundialmente como um grande provedor na geração de alimentos, de energia, de sustentabilidade, e que tirou o Brasil de importador de alimentos para ser esse grande líder mundial na produção de alimentos.

Agora, o ministro Fávaro irá levar o documento ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para discutir a implementação das propostas sugeridas pelo grupo no relatório. “É um projeto de modernização e tenho certeza que a Embrapa vai dar, cada vez mais, orgulho a todos os brasileiros”, reforçou Fávaro.

Além do Crestana, o grupo é composto por profissionais de notório conhecimento na área de pesquisa agropecuária, como Ana Célia Castro, Roberto Rodrigues, Luís Carlos Guedes Pinto e Pedro Camargo Neto.

Informações Partidárias

Notícias