Loading

Pesquisar

Folha de S. Paulo: Kassab rompe clima amistoso e reage aos ataques de Haddad

"Compreendo a manifestação de todos, mas agora já beira o desrespeito", afirma o presidente nacional do PSD.

02 de mar de 2013 · Haddad, Kassab, prefeitura, PSD, Sao Paulo

Notícia publicada neste sábado (2) pelo jornal Folha de S. Paulo informa que o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, decidiu responder às críticas que vêm recebendo da atual administração. “As críticas são aceitas. Compreendo a manifestação de todos. Mas agora já beira o desrespeito”, disse Kassab à Folha.

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD

A resposta ocorreu após o secretário das Subprefeituras, Chico Macena, afirmar ao “SPTV”, da TV Globo, que o mato alto na cidade é culpa da gestão Kassab.

Macena disse que a administração anterior deixou de pagar as empresas que prestam esse serviço e, por isso, praças e canteiros de avenidas estão com mato alto.

“A transição [de governo] foi elogiada por todos, passamos todas as informações, eles não têm do que reclamar. E, mesmo que não tivéssemos passado, mato tem de cortar todo mês e ele já está lá há dois meses”, disse Kassab.

O ex-prefeito também respondeu às críticas da gestão Haddad sobre obras em escolas. O atual governo apontou que cerca de 4.000 alunos estão matriculados em escolas que ainda não estão prontas.

“Quero saber o que foi feito em janeiro nessas escolas que não estão prontas. Deixamos tudo encaminhado e eles não continuaram as obras”, afirmou Kassab.

As respostas do líder do PSD, que se alinhou ao governo Dilma Rousseff, às críticas petistas ocorrem dois dias após ele lançar-se como candidato ao governo paulista nas eleições de 2014, conforme revelou em entrevista à Folha na última quinta.

Nos últimos meses, desde a vitória de Haddad em outubro, Kassab consolidou um clima pacífico com a gestão petista e a aproximação do PSD com o governo federal. Desde então, essa é a primeira vez que Kassab critica a administração Haddad.

‘Resposta à altura’

O atual prefeito de São Paulo já havia subido o tom em relação ao governo anterior quando fez críticas à inspeção veicular ambiental e ao “sucateamento” da rede de semáforos da cidade.

Fernando Haddad chegou a afirmar que “teve muito contrato que foi suspenso após a minha eleição”.

Kassab tem uma equipe pronta para responder às críticas da gestão petista, mas sempre se limitou apenas a transmitir informações. O ex-prefeito, pessoalmente, não havia se manifestado.

“Nós respondemos sempre de maneira serena, mas em respeito aos meus colaboradores e auxiliares, preciso dar uma resposta à altura. Seria uma falta de preocupação e de solidariedade com os meus companheiros se eu não respondesse.”

Informações Partidárias

Notícias