Loading

Pesquisar

CENÁRIOS

Kassab defende nova alternativa política para o País

Em palestra a empresários do setor gráfico, o presidente nacional do PSD destacou que há tempo hábil, na campanha eleitoral, para a construção de projeto político diferente de Lula ou Bolsonaro

16 de mar de 2022

Gilberto Kassab defendeu alternativa política que não configure apoio ao atual governo ou ao ex-presidente Lula.

Edição Scriptum com assessoria de imprensa PSD

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, participou na terça-feira (15), em São Paulo, de debate do “Grupo de Líderes” da Abigraf (Associação Brasileira da Indústria Gráfica), com a presença de dirigentes e associados da entidade, respondendo questões sobre o cenário político brasileiro.

Sobre as eleições de outubro próximo, ele reafirmou que o PSD buscará sua candidatura própria à Presidência, que se somará às disputas em diferentes Estados. Além disso, o presidente do PSD citou o nome do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, como potencial candidato do partido a presidente da República.

Kassab apontou as dificuldades vividas pelo País nos últimos anos, a pandemia do coronavírus e agora a dificuldade econômica que se atravessa no contexto de guerra da Ucrânia. A partir daí defendeu uma alternativa política para o país, que não configure apoio ao atual governo ou ao ex-presidente Lula.

Quando questionado se haveria tempo hábil para a construção de uma alternativa a Lula e Bolsonaro, o ex-ministro da Ciência e Tecnologia esclareceu que os prazos da campanha eleitoral ainda irão se desenrolar, o que permitirá o desenvolvimento de uma nova proposta eleitoral.

O evento da Abigraf teve participação de associados à entidade de forma presencial e remota, em outros Estados. A entidade representa 17 mil gráficas brasileiras, responsáveis pela geração de aproximadamente 163 mil empregos diretos. Desde 2014 promove debates com lideranças políticas.

Kassab também falou sobre a necessidade de o país buscar credibilidade e previsibilidade, para permitir investimentos e desenvolvimento industrial. “Para o país ter investimentos, crescer, é fundamental”. “E se não fugirmos da polarização política atual teremos dificuldades.”

Sobre o quadro pré-eleitoral em São Paulo, o presidente do PSD disse que o prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, deve ser candidato a governador pelo PSD.

Informações Partidárias

Notícias