Loading

Pesquisar

ESTADOS

Minas aposta na natureza e institui o PIB Verde

Assembleia mineira aprova projeto de Agostinho Patrus que estabelece fórmula para calcular a sustentabilidade do Estado. “Minas sai, mais uma vez, à frente”, disse o parlamentar

14 de abr de 2022 · Agostinho Patrus, Minas Gerais, PIB Verde

Patrus: “Minas Gerais é o primeiro Estado a instituir o PIB Verde no Brasil”

Redação Scriptum com site do PSD-MG

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Agostinho Patrus (PSD) comemorou a recente aprovação do projeto de lei de sua autoria que institui o Produto Interno Verde de Minas Gerais (PIV-MG), o chamado PIB Verde. A matéria foi aprovada de forma definitiva, em plenário, pelo voto favorável de todos os deputados estaduais.

De acordo com Patrus, “Minas Gerais é o primeiro Estado a instituir o PIB Verde no Brasil, uma fórmula de calcular a sustentabilidade do nosso Estado. Com isso, poderemos levar adiante uma Minas melhor, com uma natureza mais vistosa e, assim, garantir a manutenção dos nossos cursos d’água e, também, das nossas matas e florestas”.

Segundo o parlamentar, o objetivo do projeto é introduzir uma metodologia complementar à do PIB — Produto Interno Bruto, indicador que mede o crescimento econômico do Estado. Trata-se de uma forma de calcular o valor monetário do capital natural de Minas para avaliar os impactos da atividade econômica sobre a natureza.

Dessa forma, ao consolidar a variável ambiental na economia mineira, o PIB Verde é capaz de colaborar para a sustentabilidade do Estado em diversas áreas de interesse público, como a assistência social, o desenvolvimento econômico e a preservação do meio ambiente. “Fico muito feliz de ter sido o autor desta lei. Quero agradecer a todos os deputados estaduais que votaram unanimemente pela sua aprovação”, agradeceu Patrus. Para começar a valer, o projeto depende, agora, de sanção do governador do Estado.

Informações Partidárias

Notícias