Loading

Pesquisar

ESTADOS

Paraná busca novas tecnologias de irrigação nos EUA

Em missão internacional, o governador Ratinho Junior (PSD) visitou, no Nebraska,  multinacional que é referência tecnológica. Escolas agrícolas do Estado vão receber equipamentos de ponta

20 de fev de 2024 · agricultura, missão internacional, Parana, Ratinho Junior

Ratinho Junior e dirigentes da multinacional especializada em equipamentos para irrigação

Edição Scriptum com Agência Estadual de Notícias

Em busca de inovações que possam alavancar a produção agropecuária do Estado, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), iniciou na segunda-feira (19) a primeira missão internacional de seu governo em 2024. Ele esteve na multinacional Lindsay Corporation, empresa de irrigação sediada no Estado do Nebraska, nos Estados Unidos. O objetivo foi conhecer os produtos e serviços desenvolvidos pela multinacional e apresentar as potencialidades econômicas do Paraná, discutindo possíveis investimentos.

“O Nebraska é o Estado com mais áreas irrigadas nos Estados Unidos, tendo mais pivôs de irrigação do que o Brasil inteiro”, comentou Ratinho Junior após a reunião com os empresários, em que também esteve acompanhado de representantes do Instituto Água e Terra (IAT), do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) e presidentes de cooperativas agrícolas paranaenses.

“Queremos fazer com que o Paraná passe a ter boa parte da agricultura irrigada, porque isso aumenta a produtividade, é mais sustentável, dá mais garantias para a produção agrícola e mais receita para os nossos agricultores”, acrescentou o governador.

A ideia, de acordo com Ratinho Junior, é entender o que as melhores empresas do mundo estão fazendo e levar os equipamentos para o Paraná. “Queremos mudar a cultura dos nossos agricultores, demonstrando a melhoria da eficiência proporcionada pela irrigação, a colaboração que ela traz para o meio ambiente na renovação das nascentes, aumentando o volume de águas nos rios e aumentando a produtividade”, afirmou.

Referência

Fundada em 1955 na cidade de Omaha, a Lindsay Corporation é especializada em irrigação e infraestrutura de água, com atividades no Brasil desde 2002. No início de fevereiro, representantes da multinacional participaram de uma reunião com o governador no Palácio Iguaçu para apresentar detalhes de suas soluções para o setor.

A empresa é conhecida principalmente por seus sistemas de pivô central, tecnologia que revolucionou a forma como a água é aplicada em campos agrícolas. Não por acaso, ela está instalada no Nebraska, que é referência mundial em tecnologia de irrigação de grandes lavouras.

Escolas agrícolas

O primeiro resultado concreto da reunião foi a assinatura de um acordo que prevê o envio de equipamentos de alta tecnologia da Lindsay para duas escolas agrícolas que integram a rede estadual de ensino. O objetivo é que os estudantes destas instituições aprendam de forma aprofundada sobre os equipamentos e sistemas utilizados para formar futuros profissionais preparados para lidarem com as novas ferramentas no Paraná.

As escolas agrícolas que receberão o maquinário doado pela Lindsay serão definidas após análise da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento com base nas vocações regionais, com o intuito de desenvolver a irrigação nas regiões estratégicas onde há maior demanda. “São equipamentos caríssimos e uma maneira de começar a construir uma nova geração que tenha o conhecimento na agricultura irrigada, como já estamos fazendo com os drones para fertilização de precisão, por exemplo”, explicou Ratinho Junior.

O sistema utilizado pela Lindsay Corporation é reconhecido pela qualidade e eficiência da tecnologia, em que todo o funcionamento pode ser controlado por telefone. A ferramenta, uma espécie de agrônomo virtual, reduz tempo de gestão e proporciona um controle mais eficaz da vazão de água com base no tipo da planta e de solo, criando planos de aplicação a partir de dados reais, o que também ajuda a conservar recursos.

Potencial

A comitiva do governador paranaense apresentou dados relacionados ao potencial para investimentos, como o fato do Estado representar a 5ª maior economia do Brasil, com um Produto Interno Bruto de US$ 118 bilhões. O Paraná também possui quase 15 milhões de hectares com cultivo, com 74% da área total do Estado coberta por terras agrícolas – a segunda maior área plantada do País.

Segundo Ratinho Junior, a assistência técnica para investidores, a celeridade na emissão de licenciamentos, a alta disponibilidade de mão de obra qualificada e os incentivos fiscais oferecidos para novas plantas industriais também integram o pacote de vantagens que tornam o Paraná o local ideal para novos negócios.

“O Paraná já é o Estado que mais produz energia e que tem a agricultura mais sustentável do Brasil. Agora, queremos dar um novo salto, fazendo com que se torne o Estado com a maior área irrigada do País, garantindo alimento para o mundo”, disse Ratinho Junior.

Agenda

A agenda da comitiva paranaense no Nebraska, localizado na região central dos Estados Unidos, vai até 23 de fevereiro. Além de visitas a outras empresas do ramo da irrigação, a comitiva paranaense também visitará a Câmara de Comércio de Omaha, a Universidade do Nebraska, os departamentos de Desenvolvimento Econômico e de Agricultura, além de ser recepcionada pelo governador do Nebraska, Jim Pillen.

Em 2023, Ratinho Junior liderou missões para o Japão, Coreia do Sul, Canadá, Estados Unidos, Portugal e Alemanha, enquanto o vice-governador Darci Piana (PSD) esteve à frente de uma comitiva para a China. O resultado foi a captação de R$ 4,5 bilhões em investimentos privados para novos empreendimentos, parcerias comerciais e institucionais e abertura de mercado aos produtos paranaenses, o que deve gerar cerca de 2 mil novos empregos.

Neste ano, além do Nebraska, o Governo do Paraná já tem missões agendadas para Flórida, Iowa e Nova York, também nos Estados Unidos, além de visitas ao Canadá, Polônia e Suécia.

Informações Partidárias

Notícias