Loading

Pesquisar

ESTADOS

Paraná repassa recursos para saúde e educação

Governador Ratinho Junior (PSD) entregou aos municípios do Estado cerca de R$ 455 milhões para reforçar transporte escolar, realização de exames e consultas, compra de medicamentos e ambulâncias

25 de set de 2023 · governadores, Municípios, Parana, Ratinho Junior

Ratinho Junior e representantes dos municípios: recursos estaduais para equalizar o orçamento das prefeituras

Edição Scriptum com Agência Estadual de Notícias

Em encontro com prefeitos, vice-prefeitos e secretários das 399 prefeituras do Paraná, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) anunciou na segunda-feira (25) o repasse de cerca de R$ 455 milhões aos municípios paranaenses para custeio da educação e da saúde até o fim de 2023.  

Segundo Ratinho Junior, o aumento de repasses nas duas áreas é uma forma encontrada pelo Estado para compensar parte da diminuição dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), do governo federal, em decorrência da queda de arrecadação tributária.

“Fechamos uma parceria muito importante com os 399 municípios do Paraná para amenizar a queda orçamentária das prefeituras, que está ocorrendo no Brasil inteiro. Estes repasses extras que anunciamos hoje vão ajudar a custear justamente as duas áreas que mais carecem de investimento, que são a saúde e a educação, e que os municípios sozinhos não conseguem fazer”, afirmou o governador.

“O dinheiro vai ser usado no reforço do transporte escolar, na realização de consultas e exames, principalmente aquelas pré-operatórias, nos repasses feitos ao consórcio de saúde para compra de medicamentos e nas ambulâncias do SAMU que atendem urgências e emergências”, acrescentou Ratinho Junior.

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar dos Santos, representou os demais gestores municipais nas assinaturas que efetivaram a transferência de recursos. Para ele, os recursos estaduais vêm em momento oportuno para equalizar o orçamento das prefeituras e garantir a manutenção dos serviços básicos à população.

“Com a queda de arrecadação do FPM, o Governo do Estado comparece com um montante importante que permitirá aos prefeitos reequilibrarem as suas contas e continuarem a prestar serviços de qualidade na saúde e na educação”, disse. “Os recursos serão repassados proporcionalmente desde Nova Aliança do Ivaí, que é a cidade menos populosa, até a nossa Capital, Curitiba”.

Informações Partidárias

Notícias