Loading

Pesquisar

ESTADOS

PIB do Paraná cresce mais que o dobro da média nacional

Crescimento de 8,6% do PIB estadual no primeiro semestre refletiu a ampliação da agricultura, que teve safra recorde de verão. Em todo o País, a taxa foi de 3,7% no mesmo período

22 de set de 2023 · agricultura, Economia, Parana, PIB, Ratinho Junior

Safra recorde de soja contribuiu para o crescimento do PIB no primeiro semestre

Edição Scriptum com Agência Estadual de Notícias

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), comemorou na quinta-feira (21) o crescimento de 8,66% no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado durante os seis primeiros meses de 2023. O resultado foi divulgado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). O PIB nacional cresceu 3,7% no mesmo período. 

“Estamos em um grande momento da economia paranaense, e o resultado do PIB do Estado no primeiro semestre deste ano consolida o avanço em diferentes áreas”, afirmou Ratinho Junior. “Temos um crescimento consolidado na agropecuária, que é a nossa principal vocação, e também nos setores industriais e de serviços. Estamos avançando na atração de investimentos, na geração de empregos e no aporte do setor público para infraestrutura. Isso fará com que o Paraná cresça cada vez mais”.

O PIB paranaense atingiu no período a cifra de R$ 372 bilhões. Com um avanço expressivo nos primeiros três meses do ano, o resultado também se repetiu no segundo trimestre (abril a junho), com aumento de 8,16% do PIB em comparação ao mesmo período do ano passado. Já no confronto com o trimestre imediatamente anterior, a expansão real atingiu 1,69%, considerando a inflação do período – no País, a variação foi de 0,9% no mesmo cenário.

A taxa de crescimento do PIB do Paraná nos primeiros seis meses de 2023 refletiu principalmente a ampliação do setor primário (agricultura), impulsionado pela safra recorde de verão, em especial de soja. Segundo o Ipardes, a agropecuária registrou elevação real de 37,28% entre janeiro a junho deste ano, levando a um acumulado de 28,44% nos últimos 12 meses.

Recordes

O Estado também tem batido recordes na produção de proteína animal, se consolidando como o maior produtor nacional de frango, peixe e mel, além de ocupar o segundo lugar na suinocultura e na cadeia leiteira. De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram abatidas 1,07 bilhão de unidades de frango no primeiro semestre no Paraná, o maior registro da história em volume. O levantamento também apontou 5,9 milhões de unidades de suínos abatidas ao longo dos seis primeiros meses do ano, maior volume da série.

Os setores da indústria e de serviços também avançaram de forma expressiva, com variações de 4,82% e 5,65% na primeira metade de 2023, respectivamente. Os resultados observados em todas as grandes atividades econômicas indicam um movimento abrangente de crescimento da economia paranaense, que deve resultar em uma expansão relevante do PIB no ano. No acumulado de um ano a evolução da indústria chega a 3,37% e do setor de serviços, 3,90%.

“O notável desempenho da economia paranaense no primeiro semestre deste ano é reflexo da safra agrícola. Mas temos também importantes contribuições de outras áreas, como indústria e serviços, o que comprova que a performance econômica do Paraná é abrangente, contemplando todas as atividades produtivas”, destacou o diretor-presidente do Ipardes, Jorge Callado

Informações Partidárias

Notícias