Loading

Pesquisar

CARNAVAL

Rio de Janeiro cancela blocos de rua em 2022

Aumento dos casos de covid-19 na cidade levou o prefeito do PSD a tomar a decisão; outro formato está sendo estudado

04 de jan de 2022

Eduardo Paes disse que outras alternativas ainda estão sendo avaliadas pela Prefeitura

Redação: Scriptum

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou nesta terça-feira (4) que a cidade não terá carnaval de rua, de blocos, este ano. A decisão foi tomada como consequência do aumento de casos de covid-19 na capital fluminense. O desfile das escolas de samba no Sambódromo está mantido.

O anúncio foi feito em uma transmissão ao vivo nos perfis do prefeito pelas redes sociais. “Acabei de ter uma reunião com o pessoal dos blocos de rua e a gente comunicou a eles que o carnaval de rua nos moldes que eram feitos até 2020 não acontecerá em 2022”, disse.

Paes afirmou que propôs aos representantes de blocos fazer o carnaval de rua em pontos específicos da cidade, com controle de acesso e exigência de protocolos contra a covid-19, como o passaporte vacinal. Segundo o prefeito, a proposta não foi bem recebida pelas agremiações.

“Sugeri que pegássemos dois ou três pontos da cidade e fizéssemos em fevereiro, todo fim de semana, inclusive durante o carnaval”, disse Paes. “Uns 50 blocos mais tradicionais do Rio de Janeiro e levássemos para três lugares na cidade, onde pudéssemos estabelecer controle, passaporte vacinal e testagem e gratuitamente oferecer o carnaval para manter a cadeia produtiva dos blocos, e ao mesmo tempo, permitir que a população pudesse desfrutar do carnaval de graça”, afirmou.

Paes disse que outras alternativas ainda estão sendo avaliadas pela Prefeitura para viabilizar o carnaval de rua, em outro formato. Segundo ele, os desfiles de escolas de samba, no Sambódromo, estão confirmados com a adoção de protocolos semelhantes aos usados em jogos de futebol.

Informações Partidárias

Notícias