Loading

Pesquisar

EMPREENDEDORISMO

São José (SP) bate recorde na abertura de empresas

Em 2021, município do Vale do Paraíba governado pelo prefeito Felicio Ramuth (PSD) registrou 12.705 novas empresas, o maior número nos últimos seis anos na cidade

26 de jan de 2022

Felicio Ramuth: “Não existe melhor programa social que o emprego”

Redação Scriptum

Administrado pelo prefeito Felicio Ramuth (PSD), o município de São José dos Campos registrou a abertura de 12.705 empresas em 2021, o maior número nos últimos seis anos na cidade do Vale do Paraíba, no interior do Estado de São Paulo. A informação consta no relatório divulgado pela Sala do Empreendedor, unidade vinculada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Sustentabilidade. Segundo o levantamento, o total de novas empresas no ano passado é mais que o dobro das registradas em 2016, quando foram abertas 5.112.

“Aqui em São José dos Campos fazemos a abertura de empresas em 24h, sem burocracia, e ajudamos o pequeno empreendedor a se capacitar. Eu costumo dizer que basta o poder público não atrapalhar porque o empreendedor sabe tomar seus caminhos, sabe buscar investimentos para gerar emprego e renda”, afirmou o prefeito em entrevista concedida nesta terça-feira (25) para a rádio Aparecida.

Ainda conforme a administração municipal, das 12.705 empresas registradas no ano passado, 8.254 pertencem à categoria MEI. A maior parte dos registros foi para esteticistas, comerciantes do setor alimentício, vendedores e cabeleireiros. Somente no mês de agosto foram 915 MEIs entre as 1.241 empresas abertas naquele mês.
“Não existe melhor projeto social que o emprego, a pessoa ter a dignidade de poder comprar as suas coisas. O emprego é o melhor caminho para que a gente possa passar por este momento tão difícil”, destacou Felicio Ramuth.

Os novos empreendimentos contribuíram para a geração de 85 mil empregos, o que possibilitou um saldo positivo de aproximadamente 10 mil novos postos de trabalho na cidade, com população estimada pelo IBGE em 737 mil habitantes. “Só precisei de 15 minutos para abrir minha empresa em dezembro, sem custo e sem burocracia. Emprego ficou difícil. Então, decidi apostar em algo melhor. Vendi meu carro, comprei uma Fiorino e espero tirar dessa atividade o sustento da família”, disse Fernando da Silva, que vai trabalhar com transporte de pequenas cargas.

Em 2021, a Sala do Empreendedor realizou 22.270 atendimentos presenciais a pessoas interessadas em abrir uma empresa no município. O atendimento é feito no Paço Municipal, das 8h às 17h.

Informações Partidárias

Notícias