Loading

Pesquisar

JUSTIÇA ELEITORAL

TRE-SP empossa novos presidente e vice

Desembargadores Paulo Galizia e Silmar Fernandes atuarão no biênio 2022-2023

27 de jan de 2022

Galizia disse que “não poupará esforços no sentido de garantir a estabilidade, lisura, segurança e transparência do processo eleitoral”

Edição Scriptum

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) elegeu, na última sexta-feira (21), seu novo presidente, des. Paulo Galizia, e vice-presidente e corregedor, des. Silmar Fernandes. Ambos foram eleitos por aclamação, na primeira sessão plenária do ano, para exercício durante o biênio 2022-2023.

No seu primeiro pronunciamento como novo presidente da Corte, Galizia disse que “não poupará esforços no sentido de garantir a estabilidade, lisura, segurança e transparência do processo eleitoral”. Declarou, ainda, que sua mensagem pode ser resumida em uma única palavra: confiança. “Confiança na Justiça Eleitoral, confiança no corpo de servidores, confiança no processo eleitoral, confiança nas urnas eletrônicas e confiança no sucesso das próximas eleições”.

O desembargador Silmar Fernandes foi empossado como membro efetivo da Corte e lembrou que essa é a segunda vez que atua no Tribunal paulista, de 2013 a 2016 como juiz e, agora, na classe de desembargador. “O momento agora é de assumir a nobilíssima função de vice-presidente e corregedor regional eleitoral nesta que é a maior corte eleitoral do país”, afirmou.

Currículos

O presidente Galizia graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e é mestre em Direito das Relações Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Iniciou sua carreira na magistratura em 1985 e tornou-se desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) em 2013, compondo atualmente a 10ª Câmara de Direito Público. No TRE-SP, atuou como juiz efetivo de 2011 a 2013, desembargador substituto de 2016 a 2019 e vice-presidente e corregedor entre 2020 e 2022.

O vice-presidente e corregedor Fernandes é graduado em Direito pela Universidade Católica de Santos (Unisantos) e mestre em Direito pela Universidade Nove de Julho (Uninove). Tornou-se desembargador do TJ-SP em 2016, onde é membro da 9ª Câmara Criminal. Exerce a docência em instituições universitárias e na Escola Paulista da Magistratura (EPM). No TRE-SP, atuou como juiz efetivo entre 2013 e 2016 e foi membro da Comissão Permanente de Segurança entre 2020 e 2021.

Autoridades presentes

A solenidade de posse contou com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça, Paulo Dias de Moura Ribeiro, e do ex-presidente do TRE-SP, Waldir Sebastião de Nuevo Campos Junior, entre outras autoridades.

Informações Partidárias

Notícias