Loading

Pesquisar

SEGURANÇA

Belo Horizonte entrega 462 novas câmeras para monitoramento

Prefeito Fuad Noman (PSD) anuncia que no Carnaval e em julho novas câmeras serão instaladas

27 de dez de 2023

O prefeito Fuad Noman: “Estamos lançando um programa com mais de 1.200 câmeras para que possamos aumentar a sensação de segurança nas diversas regionais”

Redação Scriptum com Prefeitura de Belo Horizonte

O prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), colocou em operação a primeira etapa de um novo e moderno sistema de videomonitoramento da capital mineira, que passa a contar com 462 câmeras de última geração instaladas na região central. A medida faz parte do programa Centro de Todo Mundo e busca aumentar a sensação de segurança na região.

As novas câmeras ampliarão a capacidade e a qualidade do videomonitoramento que é realizado em tempo real no Centro de Operações da Prefeitura de Belo Horizonte (COP-BH), beneficiando não somente a segurança, mas também a limpeza urbana, fiscalização, mobilidade e trânsito.

“É mais uma grande obra que estamos entregando para Belo Horizonte. Estamos dando início hoje ao funcionamento de 462 novas câmeras de monitoramento, dentro do programa Centro de Todo Mundo. Para o Carnaval, teremos uma segunda fase, com mais câmeras, e, para julho, mais outras câmeras. Ou seja, estamos lançando um programa com mais de 1.200 câmeras nesse período para que possamos aumentar a sensação de segurança nas diversas regionais, para que a Polícia Militar e Guarda Municipal possam ter visão iniciada de eventuais problemas na cidade. Os comerciantes de Belo Horizonte podem ficar muito mais tranquilos para trabalhar, e também as pessoas que vão ao centro da cidade, para fazer compras e para passear”, comemorou o prefeito.

Fuad Noman destacou que o novo sistema de monitoramento funciona de forma inteligente, aumentando a sensação de segurança. “Esse é um sistema muito moderno, com câmeras de imagens muito claras. Melhora muito a visibilidade e a capacidade de ação das autoridades de segurança. O Carnaval de Belo Horizonte já foi considerado em 2023 o carnaval mais seguro do Brasil. Já fizemos um grande trabalho sem um apoio tecnológico tão sofisticado como esse novo sistema. Imagina agora, com essa sofisticação tecnológica, com mais câmeras que vão estar prontas no Carnaval. Vamos poder monitorar todos os pontos para que os blocos possam desfilar com tranquilidade, com segurança”.

Equipamentos

São 144 câmeras do tipo speed dome (modelo giratório) e 318 câmeras fixas – que representam o maior número de aparelhos adquiridos simultaneamente na história do videomonitoramento da capital mineira. As câmeras speed dome possibilitam maior flexibilidade no monitoramento, realizando movimentos de 360 graus.

Já as câmeras fixas têm tecnologia moderna, com recursos analíticos de inteligência artificial que possibilitam aos operadores do COP-BH receber imagens e alertas de um tipo específico de situação, como a de pessoas praticando atos de vandalismo ou fazendo descarte clandestino de lixo, por exemplo, melhorando a efetividade e o tempo de resposta na atuação da Prefeitura.

A expansão do sistema não apenas amplia a capacidade e a qualidade do videomonitoramento, inclusive noturno, mas também fortalece a parceria do município com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), pois o sistema instalado no perímetro do Centro de Todo Mundo passará a ser compartilhado com a corporação, com a transmissão simultânea das imagens para o 1º Batalhão da PMMG, reforçando os esforços conjuntos na promoção da segurança pública.

“Estamos dando um passo importante direcionado ao monitoramento inteligente, em que a experiência do operador e uma boa base de dados são aliadas aos algoritmos que nos enviarão alertas, melhorando nossa resposta aos diferentes e diversos serviços prestados na cidade”, explica Geórgia Ribeiro, diretora do COP-BH.

Próximas etapas

Outras duas etapas do projeto serão implementadas em 2024, totalizando um investimento de R$ 12 milhões em mais de 1,2 mil câmeras instaladas na cidade. Na segunda fase está prevista a ativação de novas câmeras para o Carnaval de Belo Horizonte de 2024, representando um importante recurso para o monitoramento e gestão da festividade.

Já a última etapa do projeto, programada para julho de 2024, inclui mais 146 câmeras com capacidade de leitura de placas veiculares. Essa expansão não apenas permitirá uma melhor gestão de cidade e reforçará a vigilância no trânsito, mas também desempenhará um papel crucial na localização de veículos furtados ou envolvidos em acidentes, contribuindo para a segurança pública de Belo Horizonte.

Informações Partidárias

Notícias