Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

BH reforça a inclusão com apoio à empregabilidade

Gestão do prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), auxilia pessoas com deficiência na busca por vaga de emprego

26 de jun de 2024

Programa auxilia pessoas com deficiência; há mais de 100 vagas disponíveis a esse público

Edição Scriptum com Prefeitura de BH

Em Belo Horizonte, a gestão do prefeito Fuad Noman (PSD) vem promovendo a inclusão produtiva das pessoas com deficiência, com orientações e encaminhamentos para oportunidades no mercado. Atualmente, há mais de 100 vagas disponíveis a esse público, para profissionais com ou sem experiência, ensino superior, médio ou fundamental completo. O Projeto de Mercado de Trabalho Inclusivo (Prometi), da Prefeitura de Belo Horizonte, atendeu mais de 380 pessoas, de janeiro a maio deste ano.

Entre as oportunidades, há vagas para advogado, técnico de enfermagem, auxiliar administrativo, auxiliar de farmácia, entre outras. Para se candidatar é necessária a apresentação dos documentos pessoais (RG e CPF) e da carteira de trabalho (física ou digital).

“O Prometi é um aliado tanto do trabalhador que busca uma recolocação ou a primeira experiência profissional, quanto para empresa que pode disponibilizar as vagas no projeto e ganhar mais agilidade no processo de contratação. Estamos nos empenhando para aumentar as oportunidades e promover a inclusão produtiva”, destaca a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Chyara Sales.

No primeiro atendimento é realizada a escuta ativa para identificar o perfil do candidato, necessário para o encaminhamento para a vaga. “O projeto abriu portas para o meu desenvolvimento profissional e foi um apoio muito importante em minha vida. Se não fosse o programa dificilmente conseguiria a primeira oportunidade no mercado de trabalho”, comemora o auxiliar de projetos, Flávio Herlanin, de 29 anos.

A equipe do projeto também auxilia na construção do currículo e com dicas para entrevistas de emprego. Em 2023, quase mil pessoas foram atendidas pelo projeto. “Já firmamos parcerias de sucesso com associações e empresas como a Rede Cidadã, o Ministério do Trabalho, Divina Providência e APABB, visando o fomento da política pública de inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, que é o objetivo principal do projeto”, ressalta a gestora do Prometi, Maria Luiza de Almeida.

Informações Partidárias

Notícias