Loading

Pesquisar

TURISMO

Comissão aprova criação da Rota Caminhos da Areia

Com parecer favorável do deputado Marcos Aurélio Sampaio (PSD-PI), é aprovada a criação de trajeto turístico entre Maranhão e Piauí, com atrações naturais, culturais e gastronômicas

08 de dez de 2023

O deputado Marcos Aurélio Sampaio, relator da proposta.

Edição Scriptum com site da Liderança do PSD na Câmara

Com o objetivo de criar um trajeto para estimular ecoturismo, cultura e gastronomia entre os Lençóis Maranhenses e o Delta do Parnaíba, no Piauí, a Comissão de Turismo da Câmara aprovou projeto que institui a Rota Turística Caminho das Areias, nos Estados do Maranhão e do Piauí. A proposta teve parecer favorável do relator, deputado Marcos Aurélio Sampaio (PSD-PI).

A nova rota vai contemplar dez municípios, sendo quatro cidades piauienses e seis maranhenses. ‌“O Caminho das Areias permitirá integrar dois destinos sem igual no mundo em uma mesma marca turística, que ganhará destaque nos mercados doméstico e externo”, afirma Marcos Aurélio.

Segundo o relator, o aumento do fluxo de visitantes promove o incentivo à conservação do meio ambiente regional, a diversificação da oferta de produtos turísticos, o fortalecimento da exploração turística sustentável e a geração de emprego e de renda.

‌“O visitante pode escolher entre diversos atrativos, como passeios de barco, banhos de rio e de mar, caminhadas ao pôr-do-sol, revoadas de guarás, águas limpas, areia clara e a sensação permanente de estar num lugar único no planeta”, destaca Sampaio.

‌Lençóis Maranhenses

‌O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, situado no litoral leste do Estado, é o maior campo de dunas da América do Sul, segundo Marcos Aurélio. Além das dunas brancas, a área abriga lagoas cristalinas que se formam na época das chuvas.

‌O relatório de Sampaio informa que o Circuito da Lagoa Azul é o atrativo mais visitado do parque. Conforme dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, em 2022, os Lençóis Maranhenses receberam 367 mil turistas.

‌Delta do Parnaíba

‌O outro monumento da natureza que vai integrar o Caminho das Areias é o Delta do Parnaíba, que corresponde à foz do Rio Parnaíba, com cinco braços de água abertos em direção ao Oceano Atlântico, abrigando cerca de 70 ilhas fluviais.

‌“É o único das Américas. Lá estão espelhos d’água, mangues, dunas, lagoas, animais silvestres, rios, praias com paisagens paradisíacas, vilas de pescadores e culinária, tudo isso com o sol brilhando forte o ano inteiro”, pontua Marcos Aurélio Sampaio.

‌O projeto tramita em caráter conclusivo, e agora será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se for aprovado, seguirá para o Senado Federal.

Informações Partidárias

Notícias