Loading

Pesquisar

MUNICÍPIOS

Em BH, aplicativos vão ajudar foliões no Carnaval

Gestão do prefeito Fuad Noman (PSD) coloca à disposição da população canal de atendimento pelo WhatsApp e informações para quem quiser evitar engarrafamentos durantes desfiles e eventos

31 de jan de 2024

Folião terá acesso a todas as intervenções de trânsito para os desfiles dos blocos no Carnaval no Waze e no Google Maps

Edição Scriptum com Prefeitura de BH

Em Belo Horizonte, quem quiser participar dos eventos programados para o Carnaval terá à disposição um canal de atendimento, pelo WhatsApp da Ouvidoria do Município, para receber orientações e sugestões sobre blocos de rua e escolas de samba, transporte público, trânsito, banheiros químicos e outros serviços. Reativado pela gestão do prefeito Fuad Noman (PSD), o Zap Folia vai ampliar o suporte aos foliões e estará disponível pelo número 98661-2416, 24 horas por dia, entre os dias 27 de janeiro e 18 de fevereiro, período oficial do Carnaval na capital.

Outro serviço para ajudar a animar a festa na capital de Minas Gerais será a disponibilização de todas as intervenções de trânsito para os desfiles dos blocos no Carnaval no Waze e no Google Maps – o que permitirá que os aplicativos indiquem rotas alternativas evitando e margeando os locais da folia. As informações já estão disponíveis nos desfiles dos blocos do Pré-Carnaval. Motoristas e foliões podem conferir a programação das interdições para todos os dias de Carnaval com antecedência no Waze Event.

No caso do Zap Folia, o atendimento será conduzido por servidores da Ouvidoria, que, durante o Carnaval, serão responsáveis por captar as manifestações dos cidadãos, permitindo que os foliões registrem suas demandas, reclamações, elogios, sugestões e denúncias de forma rápida e acessível.

No Carnaval de 2023, a Ouvidoria registrou 278 manifestações, 113 foram reclamações, 142 pedidos de orientação, 13 sugestões e 10 elogios. Os assuntos mais abordados pelos foliões, no ano passado, foram: orientação e reclamação sobre blocos de rua, banheiro químico, trânsito e transporte público.

Além disso, a Ouvidoria estará presente no Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) durante o Carnaval, para atender demandas mais complexas e promover ações de conscientização e orientação. “A Ouvidoria poderá monitorar e responder às manifestações de forma rápida e eficiente, contribuindo para a solução de problemas e o aprimoramento contínuo do evento”, afirma o ouvidor do município, Gustavo Nassif.

Informações Partidárias

Notícias